“Clique e abuse”: C&A causa revolta nas redes sociais com imagens de crianças

Esta não é a primeira vez que uma marca de roupa é acusada de apologia à pedofilia no Brasil, em 2015

cea-OK

O site oficial da rede de lojas C&A foi alvo de polêmica nesta quinta-feira (17/9) após exibir fotos de duas crianças ao lado da expressão “clique e abuse”. A imagem repercutiu nas redes sociais, gerando revolta e comentários negativos.

A marca logo tratou de alterar a expressão na página eletrônica por “clique aqui”. Em nota enviada à imprensa, a C&A explicou que a frase, alvo da polêmica, deriva do slogan utilizado pela marca há mais de 20 anos.

“A C&A ressalta que todas as suas ações têm como premissa o respeito às pessoas e informa que está sempre atenta à comunicação com seus clientes. Com relação ao botão “clique e abuse”, a empresa esclarece que este deriva do slogan “Abuse Use C&A”, utilizado há mais de 20 anos em suas campanhas publicitárias”, diz comunicado.

No início do ano, foi a vez da grife do apresentador Luciano Huck protagonizar polêmica semelhante. Uma imagem que circulou na rede mostrava uma camiseta para crianças com a frase “Vem ni mim que eu tô facin”. A campanha foi alvo de muita revolta, com denúncias de apologia à pedofilia.

*Atualizada às 17 horas

Confira comentários de internautas sobre a polêmica envolvendo a rede C&A:

https://twitter.com/baegirlws/status/644552525648109569

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.