Clécio Alves propõe instalação de Memorial Iris Rezende no prédio da atual sede da Alego

Requerimento foi assinado pelos 29 parlamentares presentes em plenário, nesta terça-feira, 15

Após veto de Rogério Cruz (Republicanos) a alteração do nome da Avenida Castelo Branco para Avenida Iris Rezende Machado, o vereador Clécio Alves (MDB) propõe requerimento para que o atual prédio da sede da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) se torne o Memorial Iris Rezende Machado. No momento, o prédio se encontra vazio devido a transferência da sede para a construção realizada no Park Lozandes.

“Lá se perpetuará a história de vida desse ilustre e ímpar homem público, como homenagem desta cidade que ele, em vida, sempre amou e a qual dedicou toda a força e vigor de seu trabalho edificante e por todos reconhecido”, é justificado no requerimento. O documento foi assinado pelos 29 parlamentares que se encontravam presentes em plenário no momento da apresentação do requerimento.

Em defesa do requerimento, o emedebista chegou a pontuar acreditar que as homenagens realizadas a Iris são o “mínimo a ser realizado, em comparação a grandeza que Iris representou a Goiânia”. “Estou aqui mais uma vez, com a intensão de homenagear o estadista mais respeitado, o homem que viveu 62 anos de sua vida dedicado a vida pública e ainda assim sofreu inúmeras perseguições e injustiças, mesmo não tendo nenhuma mancha, nenhuma mácula e nenhum processo”, complementou.

Também como justificativa, é lembrado que a passagem pela Alego fez parte da trajetória de Iris Rezende, quando este assumiu o cargo de deputado estadual em 1963. O político assumiu o cargo após ser eleito como o candidato mais votado pelo estado, através do PSD, e logo de início foi líder do Governo Mauro Borges, em 1963 e 64. No biênio seguinte foi eleito presidente da Assembleia.

“Deverá ser erguido um busto seu, e onde serão recolhidos seus pertences, fotos, textos, vídeos, etc. disponibilizados por seus familiares e amigos mais próximos, de forma a perpetuar para a história da cidade e deste Estado, servindo de base, e apoio de estudos para esta e para as gerações futuras, os fatos de sua trajetória de vida, como expoente de sua política administrativa”, complementa o requerimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.