Citado em superplanilha, Paulo Garcia diz que nunca recebeu doação da Odebretch

Prefeito do PT é citado em lista que consta pagamentos da empresa a cerca de 200 políticos brasileiros

Foto: : Renan Accioly

Prefeito Paulo Garcia durante entrevista ao Jornal Opção, em 2013 | Foto: Renan Accioly

O prefeito Paulo Garcia, do PT, afirmou, nesta quarta-feira (23/3), que nunca recebeu qualquer doação da empreiteira Odebretch, investigada na Operação Lava Jato. O nome do petista aparece em uma planilha que consta pagamentos da empresa a cerca de 200 políticos brasileiros.

“Afirmo com convicção que, nem na campanha eleitoral de 2012, e em nenhuma outra campanha que participei, recebi qualquer doação da empresa Odebrecht ou de suas subsidiárias”, garante o prefeito em nota.

Na planilha, apreendida em um busca da Polícia Federal na casa de um dos executivos da Odebretch, o prefeito aparece identificado com o apelido “pastor” e é apontado como beneficiário de R$ 100 mil da empreiteira.

“Na eleição de 2012, minha campanha recebeu a doação de R$ 3.562.500,00 do Diretório Nacional do PT, R$ 290.000,00 do Diretório Regional do PT e o restante conforme listado na prestação de contas do TSE. O Município de Goiânia, sob a minha administração, nunca teve nenhum serviço contratado junto a essa empresa”, acrescenta Paulo Garcia.

Confira a nota na íntegra:

Na campanha eleitoral de 2012, quando fui candidato à reeleição, declarei todos os gastos e todas as arrecadações ao TRE conforme manda a legislação. No site do TSE é possível ver a lista de todos os doadores da minha campanha. Essa prestação de contas já foi devidamente aprovada. Afirmo com convicção que, nem na campanha eleitoral de 2012, e em nenhuma outra campanha que participei, recebi qualquer doação da empresa Odebrecht ou de suas subsidiárias. Na eleição de 2012, minha campanha recebeu a doação de R$ 3.562.500,00 do Diretório Nacional do PT, R$ 290.000,00 do Diretório Regional do PT e o restante conforme listado na prestação de contas do TSE. O Município de Goiânia, sob a minha administração, nunca teve nenhum serviço contratado junto a essa empresa. Reafirmo mais uma vez que todas as despesas de minha campanha foram as declaradas ao TRE. Não pratiquei na campanha de 2012 e em nenhuma outra quaisquer atos ilícitos.

Paulo Garcia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.