Cine Cultura oferece programação especial em alternativa à Copa

Parada em Pleno Curso é um dos filmes que compõem a mostra

Parada em Pleno Curso é um dos filmes que compõem a mostra

Os goianos que não têm interesse em acompanhar os jogos da Copa, seja nos barzinhos da capital ou em casa, têm outra boa opção de lazer. Até o dia 18 de junho, o Cine Cultura, na Praça Cívica, exibe nove filmes, em duas a três sessões diárias, dentro da Mostra Lume Filmes.

A Secretaria de Cultura, que promove a mostra, alerta que os horários de exibição podem ser alterados em dias de jogos do Brasil na Copa, devido ao ponto facultativo decretado pelo governador Marconi Perillo (PSDB).

Confira a programação e a sinopse do filme:


Quinta-feira – 12 de junho 

19h – Exercício do Caos

21h – Planeta Solitário

Sexta-feira – 13 de junho

17h – Super Nada

19h – A Gente

21h – Hermano

Sábado – 14 de junho

16h – Planeta Solitário

18h – Hermano

20h – O Que se Move

Domingo – 15 de junho

16h – Super Nada

18h – Exercício do Caos

20h – A Gente

Segunda-feira – 16 de junho

Não haverão sessões.

Terça-feira – 17 de junho

19h – Hermano

21h – Tokiori: Dobras do Tempo

Quarta-feira – 18 de junho

17h – O Que se Move

19h – Super Nada

21h – Karen Chora no Ônibus


Parada em Pleno Percurso

Dir. Andreas Dresen, Drama, Alemanha, 110min. 2011

Sinopse:

Um homem de 44 anos que vive com sua esposa e seus dois filhos descobre que está com um câncer terminal. Frank Lange começa então a fazer diversos tratamentos que acabam com ele. Já nesse estado mais avançado da doença, ele começa a ter alucinações, perda de memória e de orientação. Sua família está cada vez mais sobrecarregada, e ele luta contra as dores fortes com altas doses de morfina.

O Exercício do Caos

Dir. Frederico Machado, Drama, Brasil, 71 min. 2013

Sinopse:

Um pai autoritário vive com suas três filhas adolescentes em uma fazenda afastada, no interior do Maranhão. As meninas sofrem com a ausência da mãe, supostamente desaparecida, e ao mesmo tempo precisam lidar com a exploração de um capataz, que se aproveita da sua inocência e fragilidade.

Planeta Solitário

Dir. Julia Loktev, Suspense, Alemanha, 113 min. 2011

Sinopse:

Alex e Nica formam um jovem casal apaixonado. Eles pretendem se casar, e alguns meses antes da cerimônia os dois fazem uma viagem pelas montanhas, com a ajuda de um guia. Mas eles se nvolvem em um acidente violento com três moradores locais, transformando completamente a relação entre os dois.

Super nada

Dir. Rubens Rewald, Comédia, Brasil, 94 min. 2012

Sinopse:

São Paulo. Guto é um artista de rua e aspirante a ator que sonha em um dia ser reconhecido pelo seu trabalho. Dedicado, ele pratica, se prepara e participa de todas as audições que pode, na espera de que um dia a sorte chegue. Ele admira Zeca, um comediante que trabalha na TV e é idolatrado por muita gente, apesar de estar com a carreira decadente. Os dois se encontram quando Guto é convidado para uma audição no programa, mas o relacionamento com o ídolo não é bem como Guto esperava.

A Gente

Dir. Aly Muritiba, Documentário, Brasil, 89′ min. 2013

Sinopse:

Por sete anos, Aly Muritiba trabalhou em uma prisão. Lá ele fez parte da Equipe Alfa. Após estudar cinema e feito alguns curtas, Muritiba,volta a seu antigo trabalho para reencontrar seus colegas e realizar um filme com a Equipe Alfa. A Equipe Alfa é formada por 28 pessoas, homens e mulheres de origens e formações distintas que fazem a guarda e custódia de cerca de mil criminosos numa penitenciária Brasileira. Walkiu torna-se o chefe da equipe e espera fazer um bom trabalho. Mas percebe que suas mãos estão algemadas.

Tokiori: dobras do tempo

Dir. Paulo Pastorelo, Documentário, Brasil, 106 min. 2011

Sinopse:

Os destinos de seis famílias de imigrantes japoneses se cruzaram, entre 1927 e 1934, no bairro rural de Graminha, a 45 km de Marília (SP). O filme segue o percurso das memórias de três gerações dessas famílias, criando um mosaico de diferentes vivências. Projeta ainda contribuições desta comunidade dentro da realidade paulista e brasileira.

Karen chora no ônibus

Dir. Gabriel Rojas Vera, Drama, Colômbia, 98 min. 2011

Sinopse:

Após dez anos de casamento, Karen se dá conta de que a união foi um erro que custou sua juventude. Disposta a recuperar o tempo perdido, ela pede o divórcio e decide começar uma nova vida no centro de Bogotá, mas as dificuldades logo a fazem repensar suas recentes escolhas.

Hermano

Dir. Marcel Rasquin, Drama, Venezuela, 97 min. 2010

Sinopse:

Daniel e Julio foram criados como irmãos e costumam jogar no time da favela onde moram, o Barrio La Ceniza. A oportunidade de sair da pobreza chega quando um olheiro os convida para fazer um teste para o melhor time da cidade, o Caracas Futebol Clube. No caminho sujo do futebol eles devem escolher o que é mais importante: a família, a vingança ou o sonho de suas vidas.

O Que Se Move

Dir. Caetano Gotardo, Musical, Brasil, 97 min. 2013

Sinopse:

Três famílias distintas estão tendo que lidar com a chegada – ou perda – de um filho, fato que causa uma mudança muito significante em suas rotinas. Cada núcleo irá lidar com as dores e alegrias à sua própria maneira, mas o amor sempre irá falar mais alto através da figura da mãe, mesmo que isso se expresse nas pequenas coisas do dia-a-dia.

Deixe um comentário