Cinco morrem após ultrapassagem malsucedida na BR-452, em Rio Verde

Acidente envolvendo dois carros de passeio e uma carreta também deixou uma pessoa ferida. Pista ficou parcialmente interditada 

Cinco ocupantes do Fiat Siena morreram após tentativa de ultrapassagem | Foto: Divulgação / PRF

Cinco pessoas morreram no final da manhã deste sábado (25/2) na BR 452, km 09, em Rio Verde, após uma ultrapassagem mal sucedida. O acidente envolvendo dois carros de passeio e uma carreta também deixou uma pessoa ferida. Até o início da tarde, a pista estava parcialmente interditada. 

Segundo informações preliminares da Polícia Rodoviária Federal (PRF), um Fiat Siena seguia no sentido Itumbiara a Rio Verde quando tentou ultrapassar um veículo. Ao perceber que não conseguiria fazer a ultrapassagem, o condutor voltou a sua pista de origem, mas acabou batendo na traseira de um carreta, rodou na pista e colidiu com um Mitsubishi Pajero.

Todos os cinco ocupantes do Siena, apesar de estarem usando cinto de segurança, morreram com o impacto. Estavam no veículo dois homens, duas mulheres e uma criança. O motorista da Pajero ficou ferido e foi encaminhado para o hospital de Rio Verde. O condutor da carreta não sofreu ferimentos.

Ainda de acordo com a PRF, a carreta envolvida no acidente não tinha permissão para trafegar no local no horário do acidente. Por causa do feriado de carnaval, das 06h até às 12h, existe restrição para veículos pesados transitarem em pistas simples. A multa média para este tipo de infração é de R$135,00 e 4 pontos na CNH.

Uma resposta para “Cinco morrem após ultrapassagem malsucedida na BR-452, em Rio Verde”

  1. Avatar Anderson disse:

    O povo se arrisca demais em ultrapassem, podendo esperar o melhor momento. O condutou da pajero vacilou demais, se o siena tentou voltar é porque os dois se viram, ou seja, teve tempo pra diminuir a velocidade, vendo que esse ponto é uma reta (imagem).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.