Cinco homicídios são registrados na noite desta 6ª-feira na Grande Goiânia

Crise na Segurança Pública:  no último mês, a SSP-GO registrou 77 casos do gênero apenas na capital

Em dia de jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo, cinco homicídios foram registrados na Região Metropolitana de Goiânia, entre as 18 e 23h40 da noite desta sexta-feira (4/7). Apesar de estar acima da média, o índice é bastante inferior ao registrado na abertura do Mundial, no dia 12 de junho, quando 18 pessoas foram assassinadas em menos de 24h.

Entre os casos registrados na noite desta sexta-feira está o de Jairo Campos da Silva, de 41 anos. Com passagens por tráfico de drogas e formação de quadrilha, ele foi morto a tiros no Jardim Novo Mundo, na capital, por volta das 18h. Logo depois, às 19h, João Marcos Ricardo Saraiva, de 24 anos, foi assassinado enquanto estava em uma casa noturna, no Bairro Recanto do Retiro, em Trindade.

Um pouco mais tarde, às 21h, no Parque Industrial João Braz, um homem conhecido por “Branquinho” foi assassinado com vários tiros. Às 21h30, Lucas da Silva Santos, de 18 anos, foi morto na Rua Agenor Alves, no Residencial Cátia. Ele também apresentava passagens na polícia por formação de quadrilha e tráfico de drogas.

O último caso registrado pela Polícia Militar (PM) na noite de sexta-feira ocorreu na Rua 258, no Setor Universitário. A vítima foi Rogério Araújo Rodovalho, de 30 anos. Ele tinha cinco passagens pela polícia, sendo duas por homicídio, uma por crime não consumido, uma por desacato e outra por injúria.

No último mês, a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP-GO) registrou 77 homicídios apenas em Goiânia. O número representa um aumento de mais de 220%  em relação às ocorrências verificadas em junho do último ano.

Deixe um comentário