Cidade de Goiás tem mais um de seus bens históricos restaurados com recursos do PAC

Antiga capital do Estado é reconhecida como um dos municípios no País em que as obras financiadas pela linha de financiamento estão com nível mais acelerado de execução

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Acontecerá neste sábado (11/7), na Cidade de Goiás, o lançamento público do contrato que viabiliza a restauração do Cine Teatro São Joaquim. Com a obra, o município, reconhecido como Patrimônio Mundial, terá mais um de seus bens revitalizados com recursos do PAC Cidades Históricas.

A obra, que deverá durar 15 meses, é uma parceria do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) com a Prefeitura Municipal e a iniciativa privada. Serão investidos na execução dos trabalhos mais de R$ 9 milhões. A solenidade de assinatura será realizada em frente ao teatro, onde aos sábados ocorre uma feira de comidas e artesanato, o que permitirá à população conhecer a proposta a ser desenvolvida no local.

O projeto do Cine Teatro foi um desafio cuidadosamente orientado pelo Iphan, com a proposta de buscar uma solução arquitetônica que melhor contextualize o edifício em seu entorno, bem como a melhoria dos seus equipamentos. O projeto propõe, portanto, amenizar o impacto urbano da construção, preservando elementos da arquitetura tradicional e fragmentando o volume da edificação, mas também promovendo modificações internas, como a ampliação da caixa cênica e a criação de um espaço para backstage e administração.

História do prédio

O edifício do Cine Teatro São Joaquim foi inaugurado em 1857, por iniciativa de comerciantes da antiga capital de Goiás. Durante a fase áurea do teatro, que durou mais de 30 anos, a cidade vivenciou peças teatrais e musicais que contribuíram decisivamente para a formação artística da população. Em 1909, foi instalado o cinema. No início da década de 1990, o teatro passou por reforma e adaptação de suas instalações, e tem se consolidado desde então como palco de importantes apresentações culturais da cidade, como o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica).

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Deixe um comentário