Chefe do tráfico que se feriu com o próprio fuzil morre no Rio

Estilhaços da arma perfuraram o pulmão e o abdômen do criminoso

O traficante César Augusto de Araújo, de 30 anos, conhecido como PQD, morreu neste domingo, 21, no Hospital Penitenciário do Rio_Jornal Opção
Foto: Reprodução

O traficante César Augusto de Araújo, de 30 anos, conhecido como PQD, morreu neste domingo, 21, no Hospital Penitenciário do Rio. O criminoso, apontado como chefe do tráfico do Chapadão, foi ferido por estilhaços do seu próprio fuzil, durante confronto com policiais militares.

Os estilhaços do fuzil calibre .30 perfuraram o pulmão e o abdômen do traficante. Antes de ser preso e transferido para o hospital penitenciário, PQD buscou atendimento em uma unidade particular na Baixada Fluminense, onde alegou ter sofrido um “acidente de trabalho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.