Chapa Alckmin Lula começa a ganhar força após primeiro encontro público

Ex-presidente Lula e o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin se encontram no último domingo, 19, para um jantar público 

Uma primeira sinalização de que o ex-presidente Lula (PT) e o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (sem partido) podem caminhar juntos nas eleições de 2022 foi feita no último domingo, 19, em um restaurante da capital paulista. A chapa começa a ganhar força, faltando dez meses para as eleições. O encontro público foi promovido pelo grupo de advogados Prerrogativas e contou com 500 convidados. 

Os políticos, que eram antagônicos em 2006, tiveram a primeira reunião em público e primeira sinalização de que uma chapa entre o petista e o ex-tucano pode se viabilizar. Alckmin tem sido cotado para compor uma chapa com o petista na disputa para a presidência nas eleições de 2022. A articulação para que o paulista seja vice de Lula vinha ocorrendo nos bastidores e ganhou mais visibilidade na última semana, quando Alckmin anunciou a desfiliação do PSDB após 30 anos dentro dos quadros tucanos. 

Apesar da aproximação, ainda não há confirmação de uma aliança, porém entusiastas veem no encontro um grande passo para a consolidação de uma composição, que pode ser entre o PT e o PSB, ou até mesmo entre o PT e o PSD, que são siglas com quem o ex-tucano tem conversado desde a desfiliação. “Quem vai ditar se a gente pode se juntar ou não é o meu partido e o partido dele. Nada acontece para um vice, antes de acontecer para o presidente”, discursou o ex-presidente Lula durante o evento. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.