Chalana com goianos: chegam a 6 os mortos em naufrágio no Rio Paraguai

Vítimas estavam em uma embarcação que naufragou no município de Corumbá (MS); duas pessoas identificadas são de Goiás e uma de São José do Rio Preto

Equipes dos bombeiros de MS e da Marinha fazem buscas no Rio Paraguai | Foto: Divulgação

Equipes do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul trabalham em busca de encontrar desaparecidos no Rio Paraguai, em Corumbá (MS), após uma chalana virar com 21 pessoas na tarde desta sexta-feira, 15, com turistas de Goiás.

Até o momento, 14 pessoas foram resgatadas, seis corpos foram encontrados e um segue desaparecido. Duas delas foram achadas ainda na sexta e quatro na manhã deste sábado, 16.

Os outros ocupantes resgatados com vida eram turistas de Rio Verde, no interior de Goiás, e de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo.

As vítimas estavam em um barco-hotel, de nome Carcará, que naufragou a cerca de 5 quilômetros de um local conhecido como Porto Geral, em Corumbá, cidade a 446 quilômetros de Campo Grande que foi atingida por um vendaval com ventos de até 51 km/h.

Os militares foram acionados por volta das 14 horas da sexta-feira. Sete das 21 pessoas na chalana desapareceram – as restantes foram resgatadas por um barco do Exército que passava pelo local.

As buscas seguem em conjunto com a Marinha do Brasil e com reforço da equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros. Familiares da vítimas também ajudam nas buscas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.