Ceser Donisete: “PT Goiás não tem dono e Paulo Garcia e Tayrone di Martino não vão sair do partido”

Rixa entre os petistas teve início por discordância quanto ao projeto de alteração das alíquotas de ITU e IPTU. Por sua vez, o presidente da sigla afirma que “ninguém vai sair do PT”

destaque PT

À esquerda, o vereador Tayrone di Martino, no meio Ceser Donisete e à direita o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia

O projeto que altera as alíquotas do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e do Imposto Territorial Urbano (ITU) vem gerando polêmica e causando mal-estar entre o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), e o vereador e candidato a vice-governador pela sigla, Tayrone di Martino. O presidente do partido em Goiás, Ceser Donisete, classificou nesta quinta-feira (25/9) durante entrevista ao Jornal Opção Online a atitude dos companheiros como “exagerada”. “O PT é um partido democrático, onde ninguém é dono e a intenção do prefeito foi a de provocar o partido”, disse.

Tayrone foi suspenso do próprio partido por votar contra o projeto que reformula as alíquotas do IPTU e ITU da capital. Por sua vez, o Paço Municipal afirmou, por meio de nota, que a atitude do vereador foi motivada por “interesses políticos” ainda desconhecidos. Em contrapartida, Tayrone declarou pelo Twitter que vai pedir a expulsão de Paulo Garcia da legenda. “Todas as pessoas ligadas a mim foram demitidas. Triste porque são competentes. Mas com a cabeça erguida perco os cargos, mas não perco a dignidade”, completou.

Também pelo Twitter, o vereador afirmou que Paulo Garcia não possui perfil de administrador e que sua decisão em não votar a favor da proposta do Paço se deu por “gratidão” à população goianiense.

Ceser Donisete acredita que as rixas surtirão reflexos apenas dentro da sigla e que o mal-estar não interfere negativamente na campanha do governadoriável petista Antônio Gomide. “A população não entra neste tipo de discussão. Além do mais, na política as divergências devem ser tratadas de forma diferente e, particularmente, vejo um exagero das duas partes”, disse.

Posteriormente, o presidente do partido também falou da relação estreita e amistosa entre o decano peemedebista Iris Rezende e Paulo Garcia. “Dizer que eles têm uma prática política parecida é errado, até porque no nosso partido as coisas não funcionam desta forma”, criticou.

Internamente, a polêmica deve ter desdobramentos. Durante sessão plenária desta quinta-feira, Tayrone di Martino exigiu que o PT abra um debate interno e volte aos seus princípios ideológicos. Por fim, Ceser Donisete salientou que o PT já passou por situações parecidas no passado. “Vamos superar e eu não vejo ninguém saindo do partido, todos vão ficar no PT”, relatou, lembrando que Tayrone é filiado do PT desde a adolescência e que Paulo Garcia é uma figura importante da sigla.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

TOBIAS

PAULO GARCIA é o pior prefeito do brasil, incompetente quebrou a prefeitura de goiânia e agora está querendo que o povo pague a conta da sua incompetência aumentando o IPTU,