Celg terá que indenizar noivos em R$ 40 mil por falta de energia em casamento, decide TJGO

Empresa não adotou as providências necessárias ao restabelecimento do serviço de fornecimento de energia elétrica, o que deixou a celebração prejudicada

Empresa elétrica deve indenizar noivos que casaram no escuro

Empresa elétrica deve indenizar noivos que casaram no escuro

A 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) decidiu que uma sentença da comarca da cidade de Nazário deve ser mantida e a que Celg deve indenizar por danos materiais e morais Escarlat Ohara Ferreira Silva e Maicon Correa de Melo pelo não fornecimento de energia elétrica durante a celebração do casamento do casal.

A indenização ao todo foi de mais de R$ 40 mil. Cerca de R$ 10 mil para cada um dos noivos e R$ 5 mil para cada um dos pais do casal, valores que deverão sofrer correção monetária pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), contada a partir da data da sentença.

Os noivos alegam que no dia 17 de março de 2012, data que seria realizada a cerimônia, houve interrupção do fornecimento de energia elétrica no setor onde se situa a igreja evangélica Assembleia de Deus, em Nazário, cidade a 75 km da capital. Segundo os pais e o casal, a empresa não adotou as providências necessárias ao restabelecimento do serviço de fornecimento de energia elétrica, o que deixou a celebração prejudicada. “Nos causaram um profundo sofrimento”, disse um dos pais dos noivos.

Mesmo sem o fornecimento de energia o casamento ocorreu.  A Celg disse acreditar que os familiares e os noivos sofreram apenas “meros aborrecimentos”, pois o objetivo foi alcançado, já que o enlace matrimonial foi realizado.

A relatora da decisão, desembargadora Elizabeth Maria da Silva, entendeu que o casal não foi o único a sofrer com o fracasso da cerimônia matrimonial e da festa de casamento. “O constrangimento que os pais suportaram com a falta de energia elétrica e todos os inconvenientes que ela causou, como atraso na celebração da cerimônia, má qualidade do serviço de filmagem e fotografia, recepção realizada à luz de faróis dos carros, os atingiram”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.