CEI vai investigar transporte coletivo em Goiânia

Apurações têm como foco a divulgação de planilhas de custos das empresas, a qualidade do serviço e os últimos contratos firmados com o Paço Municipal

Câmara de Goiânia vai investigar transporte coletivo | Foto: Divulgação

Vereadores de Goiânia vão investigar transporte coletivo | Foto: Divulgação/Câmara Municipal

O transporte coletivo da Grande Goiânia será alvo de investigação na Câmara de Vereadores da capital. Nessa semana, foi protocolado o requerimento para a abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar os serviços prestados na capital e Região Metropolitana.

A iniciativa é de Djalma Araújo (SD), que conseguiu 18 assinaturas para instalar a comissão — eram necessárias apenas 12. O presidente da Casa, Anselmo Pereira (PSDB), afirmou que na próxima semana irá assinar o decreto de abertura da CEI.

A partir disso, as bancadas deverão apresentar os nomes para comporem a mesa de trabalho. Sete vereadores titulares compõem o colegiado e mais três são suplentes.

Entre os principais assuntos a serem apurados estão os contratos fechados em 2007 entre a Prefeitura de Goiânia e empresas que operam o sistema, além da má qualidade do serviço.

A divulgação da planilha de custos das empresas — tema cobrado nas manifestações pela melhoria do transporte em 2013 — também será destaque na CEI.

As investigações têm o prazo de 90 dias, podendo ser prorrogadas por mais 180.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.