CEI irá apurar destino de verba doada por shopping para construção de trincheira

Dinheiro pago pelo Passeio das Águas à gestão anterior para obras de compensação ambiental pode ter sido usado para outros projetos da capital

Verba seria usada para construção de trincheira entre avenidas Perimetral e Goiás Norte

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) que vai investigar as dezenas de obras paradas em Goiânia deve começar os trabalhos do colegiado apurando denúncia de desvio de dinheiro doado pelo Passeio das Águas Shopping à prefeitura para a construção de uma trincheira entre as avenidas Perimetral e Goiás Norte.

A denúncia vem sendo apurada pelo vereador e autor da CEI, Alysson Lima (PRB). Segundo apurou o parlamentar, o centro de compras pagou à gestão do ex-prefeito Paulo Garcia o montante de R$ 3 milhões para obras de compensação ambiental na região.

O dinheiro, conforme levantou Alysson, pode ter sido usado para outras obras, possivelmente para a construção de um parque na região Noroeste. “A informação que estou levantando é que o dinheiro pode ter sido desviado para fazer outros projetos”, adiantou.

“Esse valor foi pago para a construção de uma trincheira que iria permitir que o BRT Norte-Sul pudesse passar por cima da Perimetral. A trincheira está prevista no projeto e esses R$ 3 milhões eram para fazê-la”, explicou o vereador ao Jornal Opção.

Segundo o parlamentar, a CEI, assim que iniciar os trabalhos, irá solicitar o comprovante de pagamento por parte do shopping e começar a ouvir representantes do Paço e da administração anterior para apurar o destino do dinheiro.

Procurada pela reportagem, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Goiânia ainda não se manifestou sobre a denúncia.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.