CEI do mau cheiro no Goiânia 2 elege presidente e relator e dá primeiros encaminhamentos

Vereadores vão ouvir moradores e comerciantes da região Norte, bem como órgãos do governo e prefeitura responsáveis pela fiscalização ambiental

Comissão de Inquérito vai investigar origem e responsabilidade do mau cheiro na região Norte de Goiânia | Foto: Reprodução

A Comissão Especial de Inquérito que vai investigar o mau cheiro que incomoda moradores do setor Goiânia 2 e áreas próximas na região Norte da capital, foi instalada nesta sexta-feira (1º/12) na Câmara Municipal.

Para presidir os trabalhos, foi escolhido o vereador autor da proposta para criação da CEI, Cabo Senna (PRP). Welington Peixoto (PMDB) ficou com a vice-presidência e Lucas Kitão (PSL) foi escolhido como relator.

Na primeira reunião, os vereadores definiram como serão conduzidos os trabalhos de investigação. Primeiro, serão ouvidos associações e representantes dos moradores e comerciantes da região, e depois os órgãos fiscalizadores, Agência Municipal de Meio Ambiente de Goiânia (Amma) e Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos de Goiás (Secima).

“Só depois que estivermos abastecidos de conteúdo vamos interrogar quem, em tese, seria responsável pelo problema, que são as indústrias e empresas instaladas no local e até mesmo a própria Saneago”, disse ao Jornal Opção o relator Lucas Kitão.

O tempo de funcionamento da CEI será de 60 dias, prorrogáveis por mais 60. Também integram o colegiado os vereadores Delegado Eduardo Prado (PV), Jair Diamantino (PSDC), Anselmo Pereira (PSDB) e Romário Policarpo (PTC).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.