CEI da Semas investiga possíveis fraudes no Bolsa Família em Goiânia

“Se não houvesse inúmeras irregularidades não precisaríamos estar investigando”, diz Felisberto

O vereador Felisberto Tavares (PR) falou ao Jornal Opção sobre o andamento dos trabalhos da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga irregularidades na Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas)_Jornal opção
Foto: Fernando Leite | Jornal Opção

O vereador Felisberto Tavares (PR) falou ao Jornal Opção sobre o andamento dos trabalhos da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga irregularidades na Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). Um dos focos é a apuração da possibilidade de fraudes no programa Bolsa Família. A comissão é presidida por Felisberto e a relatoria ficou com Anselmo Pereira (PSDB).

Os vereadores já encaminharam uma solicitação à Semas, para o envio da documentação financeira de recebimento e destinação de recursos do programa Bolsa Família, dos últimos cinco anos.

“Não iremos investigar somente os recursos do programa Bolsa Família, mas também as taxas de cemitério, unidades abandonadas e as contratações com recursos federais. A Bolsa foi apenas o gatilho”, afirmou o republicano.

A CEI realizará a 4ª reunião na próxima quinta-feira, dia 25. Felisberto disse que as reuniões, até agora, foram mais organizacionais, pois a CEI não possui toda a documentação necessária: “Para checar o volume das ações praticadas não temos dificuldade na solicitação de documentos, mas ainda precisamos de mais informações para verificar quem cometeu erros por ação, omissão ou dolo.”

Os relatores também realizarão visitas para apurar se quem recebeu os benefícios estão aplicando-os corretamente. “Se não houvesse inúmeras irregularidades não precisaríamos estar investigando e procurando soluções”, encerrou Felisberto.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.