CEI da Saneago será instalada apenas em agosto

Expectativa do propositor, Denício Trinddade (PMDB), era a de que nomes dos integrantes da comissão fossem divulgados nesta sexta-feira (3)

Denício Trindade propôs a CEI da Saneago, que fica para agosto | Foto: Alberto Maia/Câmara de Vereadores

Denício Trindade propôs a CEI da Saneago, que fica para agosto | Foto: Alberto Maia/Câmara de Vereadores

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga os contratos de concessão de água e esgoto da Saneago na capital será instalada apenas no mês de agosto, quando a Câmara Municipal de Goiânia volta do recesso parlamentar, no dia 4. A informação foi confirmada pelo propositor, Denício Trindade (PMDB), em entrevista ao Jornal Opção Online nesta sexta-feira (3/7).

A previsão era a de que a CEI da Saneago fosse instalada ainda hoje para que pudesse dar andamento aos trabalhos ao longo do mês de julho. No entanto, em conversa com o presidente da Câmara, Anselmo Pereira (PSDB), o peemedebista definiu que entregará a lista com os dez integrantes da comissão (sendo sete titulares e três suplentes) apenas no mês que vem.

“Fiquei preocupado porque precisaria da ajuda do corpo técnico e jurídico da Casa, pois [parte dele] estará em recesso também”, afirmou Denício. Na última sessão do semestre, na quinta-feira (2), Anselmo chegou a cobrar “trabalho duro” dos colegas durante este mês para que os prazos dessa e de outras comissões não fossem prorrogados.

Deníncio informa ainda que pleiteia a presidência da CEI. “Até mesmo porque temos um estudo mais aprofundado. Estamos preocupados com a qualidade do serviço”, argumenta. O peemedebista refere-se ao relatório da extinta comissão responsável por discutir o reajuste dos serviços da Saneago, do qual fazia parte. O documento final sugeria que a Prefeitura de Goiânia deveria assumir o controle ou realizar nova licitação para manter os serviços. O vice-prefeito, Agenor Mariano (PMDB), era quem liderava os estudos.

Ligados ao PMDB do ex-prefeito Iris Rezende, ambos são favoráveis à criação da Agência Municipal de Regulação e Fiscalização em Goiânia, inclusive com o aval do prefeito Paulo Garcia (PT). O órgão seria responsável pela proposição e regulamentação dos reajustes tarifários e dos serviços, independentemente da Saneago.

Cunho político

Denício nega a intenção de uma disputa política com a criação da CEI da Saneago, em detrimento da instalação da comissão oficializada na quinta-feira (2), que investiga a concessão de alvarás e licenças ilegais na antiga Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentável (Semdus), entre 2007 e 2010. “Da minha parte, não. O propósito é cobrar melhorias nos serviços, já que houve o reajuste na conta de água”, pontuou.

Em maio, a Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR) aprovou o reajuste na conta de água a partir do dia 1º de julho.

Deixe um comentário