CEI da Educação interroga diretora de escola municipal sem alvará de funcionamento

Encontro tem espaço na sala das Comissões da Câmara Municipal de Goiânia, às 9 horas 

Dra. Cristina é autora do requerimento que convida diretora para oitiva / Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga a Educação em Goiânia ouve, nesta segunda-feira, 10, a diretora da Escola Municipal Donata Monteiro da Motta, Estelinda de Oliveira Martins. Além dela, também será interrogada a presidente do Conselho Escolar, Camila Almeida.

Ambas foram convocadas por meio de requerimento da relatora da CEI, vereadora Dra. Cristina (PSDB), que denunciou na última reunião as péssimas condições da escola — que é alugada e não possui alvará para funcionamento. O encontro tem lugar na sala das Comissões da Câmara Municipal de Goiânia.

A unidade escolar fica no setor Criméia Leste, possui prédio próprio, mas aguarda que ele seja reformado pela Prefeitura de Goiânia. Enquanto isso, o município aluga outro prédio, que não garante segurança, nem condições adequadas para o aprendizado das crianças. Em entrevista concedida à imprensa, o secretário municipal de Educação, Marcelo Ferreira da Costa — que posteriormente será ouvido pela CEI  — afirmou que não sabia que o prédio alugado não tinha alvará.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.