CBF terá que pagar multa por gritos de “bicha” da torcida brasileira

A entidade brasileira já acumula três penalidades do tipo, levando em conta apenas esta temporada das Eliminatórias para a Copa do Mundo

A Fifa voltou a punir nesta quinta-feira (27/4) a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pelo gritos de “bicha”, entoados pela torcida durante a vitória da Seleção Brasileira diante do Paraguai, no dia 28 de março, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

A entidade terá que desembolsar 35 mil francos suíços, o correspondente a aproximadamente R$ 111 mil. Esta já é a terceira multa do tipo que a CBF recebe apenas nesta temporada.

Antes, as multas foram de 20 mil francos suíços (R$ 63 mil) e 25 mil francos suíços (R$ 79 mil) pelos mesmos gritos nas arquibancadas da Arena da Amazônia e da Arena das Dunas, em jogos contra Colômbia e Bolívia, respectivamente, no ano passado.

Para a Fifa, a entidade brasileira infringiu dois artigos (65 e 67) do seu Código Disciplinar, que trata de conduta imprópria dos seus torcedores por casos de gritos homofóbicos e uso de sinalizadores em campo.

As multas por homofobia variam de R$ 50 mil a R$ 165 mil. Em setembro de 2016, a atual secretária geral da Fifa, Fatma Samoura, a primeira mulher a assumir o cargo, já havia prometido que daria penas mais duras para casos de discriminação.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.