Cavalhadas de Goiás devem ser consideradas Patrimônio Cultural do Brasil pelo Iphan

Pedido será entregue na próxima segunda-feira pelo governador Ronaldo Caiado à presidente do Instituto

Foto: reprodução

As tradicionais Cavalhadas de Goiás, com 200 anos de história, devem ser consideradas Patrimônio Cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) nos próximos meses.

O pedido de registro será entregue na próxima segunda-feira pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) à presidente Iphan, Kátia Bogéa.

Com 11 cavalhadas espalhadas pelo estado, os espetáculos encenam batalhas medievais entre mouros e cristãos, quando o exército muçulmano, depois de conquistar Portugal e Espanha, resolve invadir a França.

A festa une religiosidade, fé, cultura, turismo e valorização de tradições que misturam elementos sagrados e símbolos pagãos atraindo milhares de turistas às cidades, que movimentam a economia local.

Uma resposta para “Cavalhadas de Goiás devem ser consideradas Patrimônio Cultural do Brasil pelo Iphan”

  1. Avatar JOSE CARLOS PEREA MONTEIRO disse:

    Estou na Espanha e vemos aqui muitos registros destas batalhas medievais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.