Caso Valentina Boscardin: como a Covid-19 pode provocar quadros de trombose

Jovem de 18 anos teve trombose e pneumonia devido a Covid. Médico vascular explica a relação do novo coronavírus com problemas no sistema vascular

A modelo Valentina Boscardi, 18 anos, morreu na madrugada do último domingo, 9, devido as complicações da Covid-19. Ela havia sido diagnosticada com Coronavírus e, na última quinta-feira, 6, com trombose e pneumonia. A jovem havia se vacinado com as duas doses da vacina contra o vírus. A notícia foi dada pela também modelo, apresentadora, atriz e empresária Marcia Boscardin, mãe da jovem. “É com muita dor que me despeço do amor da minha vida! Adeus, Valentina Bosacardin Mendes. Que Deus te receba de braços abertos. Estou sem chão. Um anjo sobe ao céu”, escreveu em uma rede social.

Trombose, tal qual ocorreu no caso de Valentina, que teve repercussão nacional, é uma das complicações geradas pelo Coronavíris. O médico vascular Gustavo Marcatto explica que existem vários níveis de trombose, mas o importante é saber que ela é provocada pela formação de coágulos sanguíneos, que impedem o funcionamento e o fluxo adequado do sistema vascular. “O coágulo é o mecanismo da lesão que causa trombose. Quando esse coágulo acontece na veia da perna, chamamos de trombose venosa profunda. O sangue fica mais espesso, viscoso e isso estimula a coagulação do sangue, formando ali uma espécie de bolinha, levando à trombose”, disse.

A trombose se dá em dois níveis: nas veias da perna, levando a um desconforto, com dores, e inchaço e também a nível sistêmico, o que é mais grave podendo, até, levar à morte. Em estudos recentes, é possível ver fortes indícios de que a Covid é uma doença vascular e suas complicações são em decorrência, justamente, das lesões provocadas nos vasos sanguíneos, tanto nas oclusões quanto nos processos inflamatórios. O que aumentaria, de fato, o risco de trombose, também informou o médico.

“Quando o trombo (o coágulo) se desprende, passa a percorrer toda a circulação. Na grande maioria das vezes, pela anatomia da circulação do coração, esse trombo vai parar no pulmão causando a embolia pulmonar, uma das complicações mais graves da trombose, já que pode causar a morte. Por isso é sempre tão importante prevenir a trombose”, alerta o médico vascular.

De acordo com o doutor Gustavo Marcatto, estudos feito nesta área mostram que a infecção pelo novo coronavírus pode causar a trombose, pois o vírus provoca um processo inflamatório na circulação, já que o corpo tenta, de forma desordenada, combater o invasor. A coagulação passa a acontecer de forma excessiva para ‘cicatrizar a ferida deixada pelo vírus’. “A inflamação provocada pela Covid-19 estimula a formação de coágulos, a causa da trombose, quando as veias são atingidas por obstruções Então, com a pandemia, estamos vendo frequentemente, o aumento da trombose venosa profunda e em outros locais do corpo, como no pulmão. Algumas pessoas chegam até a perder a audição, tudo por causa da trombose causada pela Covid”, relata o especialista. 

Ainda segundo ele, esses casos de surdez ou zumbidos no ouvido em pessoas que já tiveram Covid, são por conta da trombose na artéria que fica no nervo do ouvido. “Esse nervo perde a irrigação e não consegue mais trabalhar, levando o paciente a perder a audição em decorrência disso”, completa Gustavo.

Vale lembrar que pacientes que já têm comorbidades, como obesidade, tabagismo, correm mais risco de desenvolver essa trombose provocada pela Covid-19. Cientistas e médicos em todo o mundo continuam estudando a relação da trombose com o novo coronavírus, assim como meios para sanar mais esse problema diante da terrível doença.

8 respostas para “Caso Valentina Boscardin: como a Covid-19 pode provocar quadros de trombose”

  1. Avatar Hiky disse:

    A hipótese da vacina causar trombose existe, por que ninguém considera isso?

  2. Avatar Dr. César Grazzia disse:

    ORIENTAÇÃO a TODOS os Vacinados ou Não! Desde o início da PANDEMIA, a maioria dos que fizeram esse protocolo, conviveram bem com o momento.

    A CIÊNCIA já COMPROVOU duas coisas:

    1- A INEFICÁCIA do Experimento que LEIGOS pensam ser VACINA.

    2- Os INQUESTIONÁVEIS BENEFÍCIOS da IVERMECTINA, até mesmo para NEUTRALIZAR os efeitos NEGATIVOS dos EXPERIMENTOS que leigos acham ser vacina, quando na verdade, suas REAÇÕES ADVERSAS que deveriam ser EXCEÇÃO viraram REGRA.

    Guardada às devidas considerações, independente de ser da ÁREA de Saúde, não sou idiota em acreditar nesse GOLPE da Indústria Farmacêutica que encontrou guarida na Classe Política, com exceção do ÚNICO que nos alertou sobre IVERMECTINA e Hidroxicloroquina e abutres que politizaram o vírus negaram e permitiram milhares de mortes que poderiam ter sido evitadas.

    Não adianta chorar o leite derramado, mas é NECESSÁRIO que você crie consciência disso e comece hoje mesmo aos Respectivos Tratamentos Preventivo, para evitar o PRECOCE e precoce para evitar o Terapêutico que são nos leitos de hospitais.

    Como não sou MÉDICO, oriento aqui apenas o PREVENTIVO, se acaso você tiver os sintomas entre urgentemente no tratamento PRECOCE que salva vidas.

    Não espere que Profissionais da Área de Saúde vão te orientar bem, pois desde o início, TODOS tinham certeza dos benefícios do tratamento preventivo, porém, poucos fizeram seus deveres, certamente, temendo represália dos laboratórios que bancam muitos brindes, tais como viagens, etc … para aqueles que se sujeitam a prostituição da profissão, negando inclusive seu juramento em olvidar esforços para salvar vidas.

    Segue o Tratamento PREVENTIVO:

    1- limão puro em jejum com 15 gotas de extrato de própolis diariamente

    2- Ivermectina a cada 15 dias, dose dupla, ou seja, a depender do seu peso, cada 6mg representada por um comprimido a cada 30 kg de massa corporal, tomou um dia, repete no dia posterior. Dê um intervalo de 15 dias e repete às doses

    3 – Vitamina C com Zinco

    4 – Vitamina D (hormônio) essa é ideal sob prescrição médica

    5 – banho de sol no mínimo 10 minutos diário para elevar a imunidade

    6- agrião, uma das melhores hortaliças que potencializa os anticorpos, necessários ao enfrentamento de qualquer doença

    6- esse vírus ataca nosso sistema imunológico, para tanto, além desse cuidados é interessante que seu psicológico se fortaleça, o que significa dizer, alimentar sua mente com positividade, coisas úteis, não entrar em narrativas de quem sobrevive do caos, ele seu astral, pois certamente esse vai elevar também sua imunidade.

    Lembrem-se a VACINA NUNCA te protegeu, apenas te iludiu, tanto que milhares de pessoas com às três doses contraíram a famigerada doença! Isso a GLOBO jamais vai te mostrar.

    Desconfie de tudo, até do que estou a lhe dizer, busque a verdade, pois essa vos libertará (João 8:32)

    Que sejamos responsáveis, uns com os outros, compartilhando essa informação, sem moderação.

    Dr. César Grazzia
    Advogado
    S.O.S. Brasil! Porque o Brasil precisa de Socorro
    (32)999 11-5585
    whatsapp 🇧🇷

  3. Avatar Marcelo Ferreira disse:

    Meus sentimentos a todos os familiares.
    Mortes por problemas de coagulação, mal súbito como infarto têm sido relatados ao redor do mundo na população jovem, após serem vacinados. Basta pesquisar termos sugestivos em inglês .
    A ciência tem por obrigação sanar dúvidas fazendo CIÊNCIA, que no caso, é questionar com argumentos e estudos, o que está sendo feito lá fora, mas ignorado aqui no Brasil.
    Não sou contra vacina, desde que ela prove ser eficaz. É dever da Medicina realizar estudos de sintomas de longo prazo para uma “vacina” desenvolvida em apenas 10 meses. Estamos numa época em que o óbvio tem que ser explicado: Se a vacina foi desenvolvida em 10 meses, NINGUÉM sabe o que acontecerá com o organismo após este período. As bulas alertam para alguns sintomas. E o fato de nenhum fabricante assumir responsabilidade por ser um medicamento novo deveria ser mais preocupante ainda. Mas ao contrário, tem pessoas fazendo propaganda e assumindo uma segurança que NEM os fabricantes ousam.
    Enfim, todas as mortes após vacina devem ser periciadas, investigadas, até sanar o receio que muitos têm de serem inoculados por algo estranho.
    De cientistas e médicos dignos a um Nobel o mundo atual precisa, e não de Josefs Mengeles agindo impunes com cobaias humanas..

  4. Avatar Gunther Heinz disse:

    Graças a Deus ela tomou a vacina! Ela não morreu da vacina não! Morreu de COVID! Mais graças a Deus tomou a vacina contra COVID, que é totalmente seguro, antes de morrer, de COVID! Graças a Deus! Acredite na ciência! Lula tem 95 por cento de intenção de voto!

  5. Avatar ANDRESSA B. disse:

    impressionante que mesmo a matéria inteira descrevendo o pq da trombose, explicando ser em decorrência da própria COVID-19 e da maneira que o vírus ataca quem hospeda, o gado tenta espernear que a causa é a vacina… Tenha dó!

    • Avatar Anna Carolina disse:

      Há chance (rara) de desenvolver trombose após a vacina. Mas, segundo diversos estudos sérios publicados, você tem dez vezes mais chances de ter trombose após covid do que após vacina. A própria mãe da garota disse que a trombose foi logo após o diagnóstico de covid. Anticoncepcional tem, comprovadamente, um risco altíssimo de trombose -procurem na net quantas mulheres morreram de trombose após utilizar anticoncepcional, mesmo assim bilhões de mulheres o utilizam como método contraceptivo (mesmo havendo outros).
      Leiam e se informem antes de sair falando besteira. Risco de efeito colateral até analgésico tem. Se tratem com chás e voltem para a época das trevas, fala sério.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.