Suspeitos foram flagrados colocando adesivos de cunho eleitoral em um veículo em troca de R$ 40

Duas pessoas foram presas em flagrante no município de Silvânia, distante 120 km de Goiânia, pelo crime de “captação de sufrágio”, isto é, compra de votos. Conforme documento (abaixo) obtido pelo Jornal Opção Online, Enila Alves de Oliveira Naves e Anderson Gonçalves Teixeira foram flagrados colocando adesivos de cunho eleitoral em um veículo em troca da quantia de  R$ 40.

O episódio ocorreu na última terça-feira (30/9). De acordo com a polícia, o material utilizado pelos suspeitos seria para a campanha do candidato a deputado estadual Zé Antônio (PTB) e do candidato a deputado federal Roberto Balestra (PP). A reportagem tentou entrar em contato com ambos, mas não obteve sucesso. Uma pessoa próxima a Balestra garantiu que o pepista não tem conhecimento sobre o ocorrido e diz se tratar de “excesso de militância” em uma ação que “está muito distante da campanha” do candidato.

Enila e Anderson foram liberados no mesmo dia após pagamento de fiança no valor de R$ 10 mil. O delegado responsável pelo caso, Leonardo Barbosa Sanches, não foi encontrado para comentar o episódio.