Casal de Goiânia é detido após atacar autoridades de saúde em Pirenópolis

Engenheiro de 27 anos danificou uma viatura da vigilância sanitária e desacatou servidoras da saúde e policiais

Dois turistas de Goiânia foram detidos na madrugada de domingo, 1°, na cidade de Pirenópolis. Os dois atacaram duas servidoras da Secretaria Municipal de Saúde, que cumpriam procedimento ronda para coibir aglomerações no município turístico, conforme ações de combate ao novo coronavírus. O casal foi liberado após pagar fiança de R$ 5 mil cada.

O delegado Tibério Martins Cardoso, da Polícia Civil de Pirenópolis, informou que os detidos são uma médica de 26 anos e o namorado dela, um engenheiro de 27 anos.

“O rapaz danificou uma viatura da vigilância sanitária, desacatou servidores da saúde e da polícia, e não obedeceu aos policiais na abordagem. Já a moça estava dirigindo embriagada, desacatou e desobedeceu (as autoridades), assim como o namorado”, detalhou Tibério.

Uma das vítimas foi a coordenadora de fiscalização de Pirenópolis, Tamara Alves, que ressaltou o comportamento do casal. “Em momento algum eles colaboraram. Infelizmente foi preciso algemar os dois. A todo momento ele dizia ao comandante ‘com quem você pensa que está falando? Eu sou engenheiro’. Sempre desrespeitando a equipe, dizendo ‘o que essas meninas [servidoras que faziam a ronda] estão fazendo aqui, a essa hora da madrugada?'”, relatou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.