Casag aposta em gama de ações para amparar advocacia durante pandemia

“Vale sempre lembrar que este amparo é direcionado não somente à advocacia, mas por extensão às suas famílias”, afirma presidente da Casag

Foto: Reprodução

A Caixa de Assistência dos Advogados de Goiás (Casag), sensível às necessidades e desafios enfrentados pela advocacia goiana em decorrência da pandemia da Covid-19, apresentou uma estratégia de gestão empreendedora em várias frentes, a fim de criar uma rede de apoio e cuidado para com seus quase 45 mil inscritas e inscritos. “As pessoas estão aflitas e todo auxílio é fundamental”, destaca o presidente da Casag, Rodolfo Otávio Mota.

Cuidar da psique das pessoas foi uma das primeiras prioridades estabelecidas, por isso a Casag lançou seu serviço de teleatendimento. Por meio do número 0800-042-0483, os inscritos e inscritas podem tirar todas as dúvidas a respeito do novo coronavírus, bem como receber apoio psicológico e dicas de alimentação, higiene e bem-estar, com auxílio de uma equipe multidisciplinar e altamente qualificada.

A iniciativa foi bem recebida, com 1686 atendimentos no período de 30 de março a 30 abril. Deste total, 16 resultaram em encaminhamento dos pacientes para atendimento de urgência/emergência por suspeita de Covid-19. O serviço registrou um salto na procura por orientações a partir do dia 20 de abril, que foi quando o governo do Estado publicou decreto permitindo funcionamento parcial dos escritórios de advocacia. A média de ligações diárias, que estava em torno de 65, saltou para cerca de 90.

Presidente da Casag, Rodolfo Otávio Mota| Foto: Reprodução

“Muitos advogados tiveram o cuidado de buscar naquela semana informações sobre como se proteger do coronavírus no ambiente do escritório e quais as melhores práticas de higienização. O que é um bom sinal”, afirma Rodolfo Otávio Mota. “Vale sempre lembrar que este amparo é direcionado não somente à advocacia, mas por extensão às suas famílias”, acrescenta.

O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18 horas. A equipe é formada pela dra. Barbara Silva Oliveira Fonseca (CRM/MG: 67896), responsável pela equipe médica; Dra. Ionete dos Santos Oliveira (Coren/MG: 357390), responsável pela equipe de enfermagem; Fabiula Lorena de Aguiar (CRN/MG: 219.91P), responsável pela equipe de nutricionistas; e Dra. Carla Lima Cattabriga (CRP/MG 9594), encarregada da equipe de psicólogos.

Higienização e vacinas contra gripe

Presidido pelo médico intensivista Dr. Alexandre Richter, o comitê de combate ao novo coronavírus instalado pela Casag é composto por profissionais de diversas áreas ligados à instituição, além do próprio presidente. As deliberações do comitê já redundaram em diversas medidas, a exemplo do processo de sanitização do Centro de Excelência e do Meu Escritório, garantindo ainda mais segurança e higiene aos advogados, usurários e colaboradores.

O procedimento será realizado de forma rotineira. “Além disso, todos os colaboradores, especialmente os lotados nas áreas comuns, estão sendo reiteradamente orientados a fazer o uso de máscaras, álcool em gel e lavar constantemente as mãos com água e sabão”, reforça o médico Alexandre Richter. “Estamos seguindo rigorosamente recomendações de órgãos como o Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde”, completa.

Outra providência fulcral foi a antecipação da sua Campanha de Vacinação contra a gripe, promovida anualmente. Em 2020, o gesto vacinal teve início no dia 16 de março, prosseguindo até o dia 7 de abril, período no qual foram disponibilizadas 10 mil doses da vacina, ao valor de R$ 50,00 cada, a advogados e estagiários de todas as 54 subseções goianas. Com subsídio da Casag, o preço era três vezes menor que o de mercado e cada inscrito pode adquirir até 4 doses.

Já a Livraria Casag lançou em seu site a promoção Mente Ativa, na qual a advocacia goiana conta com o melhor acervo com 40% de desconto no boleto à vista ou 35% de desconto no cartão em até 6 vezes. Através do site é possível adquirir o que há de mais moderno na área jurídica e também em medicina, psicologia, arquitetura, economia, comunicação, literatura estrangeira, gastronomia, tecnologia, engenharia, infantil e muitos outros.

Diante ainda da necessidade de toda população fazer o uso de máscaras, a entidade também está providenciando a confecção das peças, que serão distribuídas para cada um dos cerca de 45 mil inscritos. Além do tecido em algodão de qualidade, ajustável e dupla face, as máscaras agregam ao seu design o talento e a sensibilidade da artista plástica Fabiana Queiroga, criadora da estampa.

Linhas de crédito e auxílio-extraordinário

Outra preocupação que entrou no escopo de ações da Casag foi as possíveis dificuldades financeiras que poderiam afetar a advocacia durante a pandemia. Pensando nisto, a Caixa disponibilizou às suas inscritas e inscritos a Credi Cooperar, linhas de crédito especiais exclusivamente para aporte de fluxo de caixa. Com valores de $50 mil a $300 mil para pessoas físicas e jurídicas, respectivamente. As linhas têm carência de até 90 dias para início do pagamento das parcelas e taxas especiais.

Para pagamento em até 12 meses, o juro pré-fixado é de 1,14% ou pós-fixado de CDI+50%. Já para quem quitar o empréstimo em até 36 meses, será de 1,37% pré-fixado ou CDI+77%. Vale destacar que a taxa regular é de 1,54% para o mesmo parcelamento. Há ainda várias outras opções para uso de imóvel e veículo como garantia. Com base nas regras vigentes Sicoob Credseguro, fica autorizado rebate de 0.10% para associados que possuam produtos entre risco “A” e “C”. As condições especiais são válidas até o dia 30 de setembro.

Paralelamente, a Casag usou a verba designado pela Portaria n. 01/2020 do Comitê Executivo do Fundo de Integração e Desenvolvimento (FIDA), para fazer o aporte de seu caixa e utilizou parte do recurso na concessão de auxílio-extraordinário para advogadas e advogados que, em função da extraordinariedade do momento, encontram-se em situação de absoluta vulnerabilidade social.

Observando as disposições da portaria, o dinheiro proveniente do FIDA financiou o auxílio concedido aos solicitantes comprovadamente contaminados pela Covid-19, enquanto que as demais solicitações foram pagas com recursos próprios da Caixa.

Em função da finitude dos recursos financeiros da entidade e de seu cuidado e responsabilidade com o patrimônio da advocacia, o auxilio foi concedido somente aos inscritos que se enquadraram nos critérios e comprovaram, por meio de documentação, absoluta hipossuficiência para arcar com o pagamento de despesas essenciais à sua sobrevivência, como alimentação, saúde e habitação.

O valor máximo do benefício é de R$ 1.028,00 e pode chegar a um período de até 6 meses. Os valores e prazos foram analisados caso a caso e definidos de acordo com a necessidade do requerente e a disponibilidade financeira da entidade. Até então, a Casag recebeu cerca de 3.600 solicitações do benefício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.