Casa Dom Inácio de Loyola é alvo de diligências da Polícia Civil

Defesa de João de Deus alega que não há o que esconder

Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) realiza diligências, nesta terça-feira, 18, na Casa Dom Inácio de Loyola, local onde o médium João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, realizava atendimentos espirituais no município de Abadiânia.

A defesa do líder espiritual afirma que “haverá total colaboração nas buscas”. De acordo com o advogado Alberto Toron, não há o que esconder.

João de Deus é acusado de cometer abusos sexuais durante tratamentos espirituais por centenas de vítimas. A defesa do médium alega que ele nega as acusações.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.