Casa do Albergado será desafetada para construção de unidades prisionais

Projeto de lei foi aprovado pela Assembleia Legislativa  

O local que, hoje, abriga a Casa do Albergado será desafetada para construção de três unidades prisionais com 300 vagas cada. O projeto de lei que trata do assunto foi aprovado em votação definitiva pela Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) em votação na última semana.

A propositura segue recomendação do Ministério Público (MP-GO) estadual, que afirma que “as estruturas da Casa do Albergado são deficientes, antigas e em péssimo estado de conservação”. Ainda, o órgão afirma que, localizado em área nobre da capital, o imóvel possui grande interesse imobiliário, uma vez que é avaliado em mais de R$ 12 milhões.

Até que futuras obras sejam concluídas, o MP-GO sugere que os reeducandos do regime semi-aberto que pernoitam na unidade passem a dormir no albergue do antigo Tucano Hotel, ou no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.