Cartão de vacina não é mais obrigatório para visitar o Zoológico de Goiânia

Orientação foi encaminhada pela SMS na tarde desta quinta-feira à direção do Parque

Divulgação

Com restrição de acesso desde a confirmação da morte de um macaco com febre amarela, as visitas ao Zoológico de Goiânia podem retomar à rotina sem prejuízo à saúde pública.

A conclusão foi tomada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) da capital após identificar baixa quantidade de mosquitos responsáveis pela transmissão da doença na área do Zoo e diante da recomendação do Ministério da Saúde de dose única da vacina contra a febre amarela.

Em comunicado enviado à diretoria do Parque, foi orientada a suspensão da obrigatoriedade do cartão de vacina para as visitas.

Segundo a pasta, devido ao Estado de Goiás ser endêmico para a doença, os trabalhos de educação devem ser mantidos. A secretaria alerta que quem ainda não se vacinou pode procurar uma das unidades de Saúde de Goiânia para receber a medicação.

Deixe um comentário