Cármen Lúcia pode assumir Presidência da República já em 2017

Em sua coluna na Folha, Elio Gaspari praticamente “lançou candidatura” da presidente do Supremo. Jornalista aposta na desestruturação do governo Temer

Foto: Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O colunista Elio Gaspari sugere na edição deste domingo (15/1) do jornal “Folha de São Paulo” que a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, pode se tornar presidente da República ainda no ano de 2017 — neste caso, por meio de eleição indireta. Para tanto, o jornalista aposta na desestruturação do governo de Michel Temer (PMDB).

“Havia um vazio em Brasília e ele foi ocupado pela ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal. Pudera, está no Planalto o vice de uma governante deposta, cujo futuro depende de um julgamento do TSE. Do outro lado da praça, há um Senado presidido por Renan Calheiros e uma Câmara até há bem pouco tempo comandada por Eduardo Cunha”, diz ele.

Durante o texto, Gaspari não poupa elogias à ministra, a qual, segundo ele, “com raciocínio cortantes” e “frases retumbantes”, “deu nova dimensão à presidência do tribunal, em apenas cinco meses”.

“O desembaraço e a exposição conseguidos pela ministra seriam apenas um asterisco se o nome dela não estivesse na lista de prováveis candidatos a presidente da República. Numa eventual eleição indireta para substituir Temer, com certeza. Na disputa de 2018, talvez”, argumenta Gaspari.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.