Carlos Junior vence eleição do diretório metropolitano do PMDB

Candidato do prefeito Iris Rezende, que não foi votar, ele também tinha o apoio do presidente estadual, deputado federal Daniel Vilela

Com votos 233 a 49, a chapa Mutirão venceu a eleição pelo comando do diretório metropolitano do PMDB. Agora, o sucessor do deputado estadual Bruno Peixoto no cargo será Carlos Antunes Júnior, candidato do Paço Municipal. Mesmo o apoiando, no entanto, nem o prefeito Iris Rezende nem a primeira dama, Iris de Araújo, compareceram à votação.

Ele era apoiado ainda por nomes como o do deputado federal Daniel Vilela, que também não esteve presente no pleito, dos deputados estaduais Lívio Luciano e Bruno Peixoto, e do vereador Welington Peixoto.

A chapa adversária, Unidos do PMDB, que lançou Fernando Barnabé para a presidência, acusou o Paço Municipal de articular e ameaçar filiados inclusive com a perda de cargos para tentar esvaziar a votação. Segundo Barnabé e o deputado estadual Paulo Cézar Martins, as pessoas foram coagidas a faltarem ou a votarem na chapa Mutirão.

Como prova, eles apontaram o baixo comparecimento ao pleito: a votação se encerrou às 12 horas e apenas 283 dos mais de 20 mil filiados do partido em Goiânia foram votar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.