Carga de cigarro irregular avaliada em R$ 3,2 milhões é apreendida em Goiás

Valor autuado é o maior de cigarro nacional na história do fisco do Estado

Divulgação

Equipe da Delegacia Regional de Fiscalização de Itumbiara (DRF) autuou na última sexta-feira (2), no balcão de atendimento do Posto Fiscal JK, os responsáveis pela carga de 409,9 mil maços de cigarros e 5,8 toneladas de fumo, avaliados em R$ 3,2 milhões. O produto é nacional e a irregularidade constatada foi apenas no âmbito tributário.

De acordo com o superintendente executivo da Receita, Adonídio Neto Vieira Junior, esse foi o maior valor autuado de cigarro nacional na história do fisco de Goiás.

De acordo com informação da DRF, a carga vinha de Minas Gerais para Goiás, mas a nota fiscal só cobria o transporte dentro de Minas. Os responsáveis foram autuados resultando em um ICMS a pagar no valor de R$ 801,5 mil fora a multa aplicada.

A carga foi liberada após autuação. Com essa, somam-se duas cargas de cigarros flagradas com irregularidades em menos de uma semana. A primeira foi apreendida por crime de contrabando.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.