Candidaturas avulsas ao Senado vão dividir votos, acredita Célio Silveira

Deputado da base de Caiado vê risco de pulverização por conta de múltiplas candidaturas avulsas

Aliado à base do governador e pré-candidato à reeleição Ronaldo Caiado (UB), o deputado federal Célio Silveira (MDB) acredita que a estratégia de contar com vários candidatos avulsos ao Senado possa reduzir as chances na disputa. Segundo Silveira, ainda que o caminho possa favorecer a campanha de Caiado, por conta da força e representatividade que cada um tem em suas áreas e regiões de atuação, o risco de pulverização de votos pode por a eleição a perder. “Eles vão dividir, dando uns 15% [de votos válidos totais] para cada um. Aí vem alguém com 20%, 25% e ganha sem estar na base do governador”, aponta.

Célio Silveira defende que um projeto de candidatura única seria benéfico para a eleição de um parlamentar governista para a Casa, o que fortaleceria ainda mais a atuação de Caiado. “O congresso está se fortalecendo cada dia mais, então seria muito importante o governador ter ao seu lado um único candidato. Uma bancada forte em Brasília ajuda muito no desenvolvimento do Estado”, defende. Nesse sentido, Silveira defende que o caminho é estudar o plano e a força de cada pré-candidato para, a partir daí, tentar a representação única em acordo com os aliados, minimizando as chances de um crescimento da oposição. “O risco saindo cinco ou seis é muito grande. Fragmenta e cada um fica de um lado. Acho que se tivesse só um candidato seria melhor”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.