Candidatos a vereador do PT do B declaram apoio a Vanderlan

Partido apoia a candidata do PT, Adriana Accorsi, porém nove candidatos do PT do B avaliaram que “Vanderlan é o melhor para Goiânia”

Vanderlan e candidatos a vereador do PT do B discutem propostas para Goiânia | Foto: Marcelo Gouveia / Jornal Opção

Vanderlan e candidatos a vereador do PT do B discutem propostas para Goiânia | Foto: Marcelo Gouveia / Jornal Opção

Nove candidatos a vereador do PT do B declararam apoio à campanha de Vanderlan Cardoso (PSB) nesta segunda-feira (12/9). O PT do B compõe a chapa da candidata Adriana Accorsi (PT) sendo, inclusive, o partido do candidato a vice da deputada, o vereador Devison Costa.

Os nove candidatos – Karla Rezende, Marcos Moura, Elias Rodrigues, Lucelia Rodrigues, Michelle Lemes, Davicley, Sandrão, Debora Baiao e William Mendes – decidiram seguir ao lado de Vanderlan após se reunirem com todos candidatos, à exceção de Waldir, de quem afirmam já conhecer as propostas, e perceberem que “o projeto do Vanderlan é o melhor para Goiânia”.

De acordo com Karla Rezende, a decisão de migrar para a campanha de Vanderlan foi feita porque os candidatos decidiram não apoiar o PT. “O PT não é nosso foco. Sabemos que o melhor para Goiânia é o Vanderlan”, afirmou.

Segundo a candidata, a escolha do partido em apoiar Adriana não havia sido comunicada com antecedência. “Fomos pegos de surpresa, depois que a ata foi registrada e não foi a escolha da maioria. Não temos nada contra o Deivison, o respeitamos muito, mas não vamos apoiar o PT”, explicou.

Vanderlan fez uma ótima avaliação do reforço dos candidatos. “São pessoas que têm projetos para Goiânia e o PT do B representa muito no cenário político do estado de Goiás e em Goiânia, é um apoio muito importante”, afirmou.

Apoio de Marconi

O pessebista também comentou o apoio do governador do Estado, Marconi Perillo (PSDB). Marconi vai participar de um evento da campanha de Vanderlan na próxima quarta-feira (14) e pretende seguir apoiando discretamente o candidato. De acordo com o governador, sua participação não tem tanta influência, porque “quem ganha eleição é o candidato”.

“Se o eleitor confia no candidato ele ganha, se não confia, não adianta querer se encostar nesse ou naquele líder. Quem tem que convencer, ter estrela e brilho para ganhar a eleição é o candidato”, declarou Marconi.

Para Vanderlan, Marconi foi humilde em suas declarações. “Ele é com certeza uma grande liderança, tanto que já está em seu quarto mandato, e por isso vai ajudar e agregar bastante, trazendo votos”. O prefeitável disse ainda que irá convidar o governador para alguns eventos que não choquem com seus horários, já que ele exerce sua função de governador.

Sobre a estratégia que vai seguir deste momento para a frente, o ex-prefeito de Senador Canedo garantiu que ela permanece a mesma: com muito trabalho, dedicando às propostas e dando apoio aos candidatos a vereadores. Ele afirmou ainda que não considera que sua postura em relação ao candidato Iris Rezende (PMDB) vem sendo mais agressiva, mas que ela apenas mostra a realidade.

“Chega de demagogia, o povo precisa saber o que acontece. Foi falado que em Goiânia não ficou nenhum bairro sem asfalto, constatamos mais de 50 sem asfalto, sendo que há bairros com mais de dez anos, então é uma propaganda enganosa”, declarou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.