Candidato do PT à prefeitura de Recife é agredido em shopping

João Paulo almoçava em restaurante quando um homem, identificado como Bruno D’Carli, partiu para cima dele com socos e xingamentos

O ex-prefeito e candidato à Prefeitura de Recife pelo PT, João Paulo, foi agredido enquanto almoçava no Shopping Riomar, na capital pernambucana. Um homem, identificado posteriormente como Bruno D’Carli, economista de 71 anos, parte para cima deve e consegue acertar alguns golpes enquanto pessoas que acompanhavam João Paulo tentam contê-lo e pedem para que ele pare.

Além de tentar agredir João Paulo, o homem o chama de “ladrão” e ameaça: “Vou dar-lhe uma bofetada”. Os assessores revidam dizendo “covarde” e “nojento” e ele volta para tentar acertar o candidato novamente, ainda gritando.

Pelo Facebook, João Paulo informou que vai tomar as medidas legais sobre o caso e garantiu que não vai aceitar este tipo de atitude. “Vamos tomar todas as medidas legais. Essa cidade não vai ser a cidade da intolerância. O Recife vai continuar sendo de quem sabe ouvir, da democracia, do respeito ao outro. Nossa arma é o amor pela cidade, nosso escudo é a voz do povo.

Em entrevista ao Blog de Jamildo, Bruno disse que vai prestar queixa contra João Paulo, por ter levado um chute, e acrescentou que chamou o petista de “safado” e que o mandou “ir comer lama em Brasília”. Ele garantiu ter argumentos para “destruir” a campanha do candidato e tem um arquivo com supostos desmandos dele quando foi prefeito, no período de 2001 a 2009.

João Paulo lidera as pesquisas na capital, com 27% das intenções de voto segundo o Ibope. O segundo colocado, Geraldo Júlio (PSB), aparece logo em seguida, com 26%.

Veja os vídeos da agressão:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.