Candidato do PMDB à presidência da Câmara deve ser definido nesta quinta-feira (29)

Situação ainda está indeterminada — com Andrey Azeredo e Wellington Peixoto na disputa — mas partido deve decidir nome antes do fim da semana

Após desistência de Clécio Alves, PMDB ainda tem dois possíveis candidatos a presidente da Câmara| Fotos: Reprodução

A votação da presidência da Câmara Municipal já ocorre neste domingo (1º/1) e ainda está indefinida. O candidato ao cargo bancado pelo PMDB — partido do prefeito eleito, Iris Rezende — não foi decidido e outros nomes, que representariam outros grupos, ganham força.

O vereador Clécio Alves (PMDB), que chegou a ser considerado favorito na disputa, desistiu de concorrer. Outros nomes do partido que permanecem na disputa são Wellington Peixoto e Andrey Azeredo.

Segundo o vereador Wellington Peixoto, a decisão do PMDB deve ser tomada antes do fim da semana. De acordo com ele, o partido tem feito algumas reuniões e, por mais que a situação esteja indefinida, o partido deve bater o martelo e escolher o nome que disputará a presidência já na quinta-feira (29).

Enquanto isso, dois outros candidatos estariam ganhando força: Paulinho Graus (PDT), que pode ser bancado pelo chamado G-16, grupo que seria ligado ao setor imobiliário e composto majoritariamente por novatos e Milton Mercêz (PRP), que é do partido do ex-vice de Iris, o deputado Major Araújo, e que não enfrentaria oposição do governador Marconi Perillo (PSDB).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.