Candidato de oposição, Pedro Paulo de Medeiros participa de marcha da OAB-GO contra PL polêmico

Nome da oposição às eleições deste ano na seccional, advogado surpreendeu ao aparecer na manifestação e alega “causa maior”

Pedro Paulo de Medeiros durante manifestação

Oposição à atual administração e pré-candidato à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), o advogado Pedro Paulo de Medeiros marcou presença na marcha organizada pela atual gestão contra projeto de lei que concede aos magistrados goianos licença-prêmio a cada 5 anos.

Em entrevista ao Jornal Opção, o pré-candidato ponderou que a causa é um bem maior do que a política classista e voltou a criticar a medida.

“Venho aqui ecoar o desejo da advocacia e da sociedade. Ninguém duvida que a magistratura mereça ter um aumento nas suas remunerações, mas isso deve ser feito com muito estudo, depois que outras prioridades forem atendidas”, defendeu.

A polêmica proposta determina a previsão de pagamento de licença-prêmio com efeitos retroativos aos últimos 20 anos, além de reduzir o horário de atendimento do Judiciário. “Precisamos de mais Judiciário, não de menos. Para você criar critérios de retroação e licenças você tem que perguntar se a sociedade concorda”, acrescentou Pedro Paulo.

O pré-candidato ainda comemorou a movimentação da categoria goiana quanto ao tema e avalia que “o Judiciário se sensibilizou com a opinião pública”, após resolver deixar de enviar o texto à Casa de leis. “E isso é muito bom. A sociedade tem que entender que tem voz”, arrematou.

Sessão extraordinária

Conforme noticiado pelo Jornal Opção na terça (24), em meio a onda de críticas, a proposta acabou não sendo enviada a tempo para a Assembleia, o que inviabilizou a discussão em sessão extraordinária marcada para esta quarta.

Com isso, ao menos por enquanto, a matéria apreciada deve tratar apenas do projeto que prevê a criação de 33 novas varas especializadas, inclusive de combate ao crime organizado e à corrupção.

Deixe um comentário