Candidato ao Senado, Marconi irá propor que União custeie parte dos colégios militares

Em evento, candidato ao Senado disse ainda que vai atuar por mais recursos para ampliação de ensino de tempo integral 

Divulgação

Candidato ao Senado pela Coligação Goiás Avança Mais, o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) apresentou uma nova proposta de sua plataforma de trabalho para o Senado na noite desta segunda-feira: a participação do governo federal no custeio dos colégios militares, para ampliar oferta de vagas e unidades para a comunidade.

“Vou apresentar um projeto para que o governo federal participe desse investimento. Ao mesmo tempo, vou trabalhar por mais recursos para ampliarmos a oferta de ensino em tempo integral”, disse, durante encontro de lideranças partidárias e comunitárias em Goianira.

“Tenho um compromisso com princípios e valores ao longo da minha vida pública. O maior deles é com a vida, para melhorar a vida das pessoas, e também com a educação, com a saúde, com a segurança pública, com a habitação e com o emprego”, disse Marconi. ”

Eu trabalhei muito para executar esse compromisso, quero trabalhar mais e, no Senado, vou fazer tudo o que estiver ao meu alcance para representar bem o meu Estado, os goianos, o governador Zé Eliton (PSDB) e o presidente Geraldo Alckmin (PSDB), para quem eu peço o voto de vocês”, afirmou.

Marconi lembrou os colégios militares são uma demanda de parte da população e que o desempenho dos alunos no Índice de Educação Básica (Ideb), aferido pelo Ministério da Educação (MEC) a cada dois anos, mostra que o modelo que associação a gestão por oficiais da reserva da Polícia Militar com os métodos pedagógicos estabelecidos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação funciona e é bem-vindo. “Temos 55 colégios militares em funcionamento e outros quase 20 aprovados para implantação”, disse.

O candidato ao Senado disse que, paralelamente, vai atuar por mais recursos para a ampliação de vagas e de unidades de ensino em tempo integral, em parceria com o governador Zé Eliton, candidato à reeleição.

“Goiás está hoje entre os Estados com a melhor educação do País. Trabalhamos muito para chegar a esse patamar, Zé Eliton também está trabalhando e agora quer ampliar a qualidade do ensino investindo no mestrado para os professores. No Senado, vou batalhar pelos recursos para aperfeiçoarmos mais a nossa rede de escolas”, disse.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.