Candidato a senador, Marconi recebe apoio de líderes da Assembleia de Deus

Pastores da Assembleia de Deus agradecem ex-governador por parceria com a igreja e afirmam que apoio é resultado de trabalho do tucano em defesa das famílias goianas

Divulgação

Convidado a participar da Convenção das Assembleias de Deus do Estado de Goiás (Cadesgo), realizada neste sábado (22/9) na capital, o ex-governador Marconi Perillo (PSDB), candidato ao Senado, recebeu declarações de apoio dos líderes evangélicos responsáveis pela realização do encontro.

Na ocasião, os pastores agradeceram a Marconi pela parceria institucional com a igreja e afirmaram que seguirão com ele em sua caminhada para o Senado Federal em retribuição ao seu “trabalho e atuação cristãos em defesa da família”.

“É com muita alegria que mais uma vez manifesto meu apoio ao ex-governador Marconi Perillo, agora para o Senado. Como governador , ele sempre esteve conosco”, afirmou o pastor Wellington Rosa, pastor da Assembleia de Deus em Rio Verde e presidente da convenção. “Nós avalizamos e pedimos ao nosso pessoal que votem e peçam o voto para o Senado em Marconi porque com ele nós, cristãos, estaremos bem representados”, disse o pastor.

O pastor João Pereira, presidente da Assembleia de Deus Jardim América e vice-presidente da Cadesgo, também anunciou seu apoio a Marconi durante a convenção. “A candidatura do ex-governador Marconi Perillo ao Senado é um marco importante para as eleições deste ano. Nós louvamos a Deus pelo trabalho e pelo que ele tem feito pelo nosso Estado, e, por isso, novamente damos nosso apoio a ele, desta vez para o Senado Federal”.

Marconi também recebeu o apoio do pastor presidente da Assembleia de Deus de Bom Jesus de Goiás e região, Jailton Rocha. “Marconi sempre esteve conosco nesta caminhada e é por isso que pedimos a todos que o apoiem em sua trajetória política”, disse Jailton. “O ex-governador já deu muitas vezes provas de que realmente trabalha em defesa das nossas famílias e da sociedade e por isso pedidos por ele hoje, aqui”.

O candidato ao Senado agradeceu às manifestações de apoio e reafirmou seu compromisso com a defesa dos princípios e das obras sociais de proteção aos valores e da cidadania das famílias de Goiás e do Brasil.

“No Senado, uma de minhas principais prioridades será a defesa das famílias da violência. Para isso, vou apresentar projetos de lei para assegurar recursos da União para a Segurança Pública, hoje a cargo somente dos Estados, e para o deslocamento das forças de segurança federais para as regiões fronteiriças, através das quais entram as drogas e armas que provocam a guerra de facções e traficantes que matam nossos jovens e infelicitam nossas famílias”, disse.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.