Campeã do BBB19, Paula é indiciada por intolerância religiosa

Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) concluiu que houve preconceito por parte da jogadora contra o participante Rodrigo França

Campeã do BBB, Paula é indiciada por intolerância religiosa
Foto: Reprodução

A vencedora da 19ª edição do Big Brother Brasil, Paula von Sperling Viana, será indiciada pela Polícia Civil por intolerância religiosa. Acontece que a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) concluiu que houve preconceito por parte da jogadora contra o participante Rodrigo França.

Agora, o inquérito policial segue para a Justiça, onde será apreciado. O Ministério Público, por meio do promotor, irá analisar tudo o que foi levantado. Caso entenda que os comentários de Paula possuem características criminosas, o promotor ingressa com a denúncia e o processo estará em andamento.

Em nota, a Polícia Civil, que concluiu pela ocorrência de injúria por preconceito, ressaltou que se pauta pelo respeito à liberdade de expressão, mas destaca que, “por meio desta, não se pode violar a dignidade da pessoa humana, repudiando todo e qualquer ato ofensivo à religião, etnia, orientação sexual, procedência geográfica, etc”, reforça a nota publicada pelo portal de notícias UOL.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.