Campeã da corrida de São Silvestre morre de Covid

Roseli Machado tinha 52 anos e estava intubada num hospital de Curitiba

Campeã da corrida mais famosa do Brasil, a de São Silvestre, em São Paulo, Roseli Aparecida Machado morreu de Covid-19 na quinta-feira, 8, aos 52 anos.

Roseli Machado: campeã de São Silvestre de 1996 | Foto: Divulgação

Roseli Machado estava intubada havia duas semanas num UTI de Curitiba. A atleta venceu a São Silvestre em 1996, quebrando a hegemonia das atletas africanas. Ela participou dos Jogos Olímpicos de Atlanta.

“Roseli teve uma história no atletismo brasileiro, venceu a São Silvestre, integrou a seleção brasileira, treinou nos Estados Unidos. Nós tínhamos uma grande amizade, fomos atletas pelo mesmo clube, treinamos juntos quando eu era juvenil, defendemos Londrina no começo das nossas carreiras. Estou muito sentido, vem as lembranças. Treinamos juntos na pista de Londrina quando era de saibro ainda”, disse o presidente da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT), Wlamir Motta Campos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.