Campanha de vacinação contra gripe começa nesta segunda-feira (17/4)

Campanha nacional tem cronograma por grupos prioritários e os primeiros a receberem imunização são os trabalhadores da saúde. Confira as datas

Campanha nacional pretende imunizar pelo menos 90% da população em Goiás | Foto: ABr

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza começa nesta segunda-feira (17/4) e vai até o dia 26 de maio. Realizada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), em parceria com as Secretarias Municipais de Saúde, a ação abordará os grupos prioritários, os únicos que serão vacinados: trabalhadores da saúde, idosos (60 anos e mais), gestantes (em qualquer idade gestacional), puérperas (até 45 dias pós-parto), crianças de 6 meses a menores de 5 anos, portadores de doenças crônicas não transmissíveis (comorbidades), professores (rede pública e privada), adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e população indígena.

O dia “D” está marcado para 13 de maio. As vacinas serão aplicadas, nos postos de Saúde dos municípios, das 8 às 17 horas.

Gerente de Imunização da SES-GO, Clécia Vecci lembra que é indispensável levar documento pessoal e cartão de vacinação para ser imunizado. As puérperas devem levar também a certidão de nascimento da criança ou cartão da gestante. Professores e trabalhadores da Saúde devem apresentar documento que comprove o vínculo com a categoria profissional (contracheque, crachá, etc). As pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis devem apresentar a prescrição médica.

A meta estabelecida para Goiás é de imunizar 1.573.343 pessoas. A previsão para o Estado é o envio de 1.730.700 doses. A estrutura para receber a população prioritária é de 911 postos de vacinação fixos, 850 postos de vacinação móveis e 320 viaturas e embarcações. O total de pessoal envolvido na campanha é de 5.448 pessoas.

A Influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de alto grau de transmissão e distribuição global. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos. Isso porque após o contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz.

Para otimizar o atendimento e minimizar filas, o Estado definiu um cronograma de vacinação por grupos prioritários. Confira a programação abaixo:

17 a 20/4: Trabalhadores da saúde
24 a 28/4: Idosos
2 a 5/5: Gestantes, puérperas e crianças
8 a 12/5: Comorbidades
13/5 (Dia “D”): Todos os grupos
15 a 19/5: Professores
22 a 26/5: todos os grupos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.