Campanha de vacinação contra gripe começa com baixa procura na capital

Meta é imunizar pelo menos 90% dos grupos elegíveis para vacinação

Campanha de vacinação contra gripe começa com baixa procura na capital  - Jornal Opção
Início da campanha de vacinação contra a gripe em Goiânia | Foto: Lívia Barbosa / Jornal Opção

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe teve início na manhã desta quarta-feira, 10, em todo o país. Em Goiânia, a procura ainda é baixa em comparação aos anos anteriores quando grandes filas se formaram nas primeiras horas do dia.

Um dos fatores apontados por funcionários Centro Municipal de Vacinação, localizado ao lado do Cais Pedro Ludovico, em frente ao estádio Hailé Pinheiro, é o escalonamento feito pelo Ministério da Saúde que retirou os idosos do grupo prioritário nesta primeira etapa de vacinação.

Desta quarta-feira, 10, até o próximo dia 18, serão vacinadas as gestantes e crianças. De 22 à 26 de abril, será a vez dos trabalhadores de saúde. De 29/4 à 3 de maio os idosos poderão se vacinar. O Dia “D” da campanha acontece no dia 4 de maio.

A Soraia veio trazer o filho Benjamim, de 8 meses, logo no primeiro dia com medo das filas. “No ano passado eu estava grávida e as filas estavam enormes então fiquei com medo e vim bem cedo. Está vazio, mas melhor não arriscar”, afirmou.

Nesta primeira fase, serão priorizadas crianças com idade entre 1 ano e 6 anos, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). A escolha, segundo o ministério, foi feita por causa da maior vulnerabilidade do grupo.

A partir de 20 de maio todo o público-alvo da campanha poderá receber a dose, incluindo trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). A definição, de acordo com o ministério, também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente o vírus da gripe. A meta é imunizar pelo menos 90% dos grupos elegíveis para vacinação.

A doença

A influenza é uma doença sazonal, mais comum no inverno, que causa epidemias anuais, sendo que há anos com maior ou menor intensidade de circulação desse tipo de vírus e, consequentemente, maior ou menor número de casos e mortes.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.