Caminhoneiro que estuprou adolescente em Itumbiara é condenado a 14 anos de prisão

Por meio de conversas em redes sociais, ele fingiu ser um adolescente para tentar conquistar a confiança da vítima, levando-a até sua casa e mantendo-a em cárcere privado por 6 dias 

Caminhoneiro que estuprou jovem de 12 anos em Itumbiara no ano de 2019 é condenado a 14 anos de prisão. | Foto: Reprodução internet.

Um caminhoneiro da cidade de Itumbiara foi condenado a 14 anos, 5 meses e 2 dias de prisão por ter estuprado uma adolescente de 12 anos em 2019. A companheira do homem também foi condenada a 2 anos de prisão por ter ajudado ele a manter a vítima em cárcere privado por 6 dias.

Na época, o criminoso fez contato com a menina por meio de uma rede social, fingindo ser um adolescente de 14 anos. Depois de marcarem um encontro, no dia 22 de dezembro de 2019, o homem foi até a adolescente e se apresentou como um cunhado do garoto que estaria conversando com ela, dizendo que ele seria o responsável por levá-la até a casa do jovem. 

No entanto, a menina foi levada para a residência do criminoso, onde acabou sendo estuprada e mantida em cárcere privado. Ela só foi encontrada por seus familiares e por policiais 6 dias depois. Além de proferir a sentença que condenou o caminhoneiro e sua companheira, a juíza Thaís Lopes Lanza, determinou que a vítima seja acompanhada pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de Itumbiara, para que suas atuais condições emocionais sejam verificadas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.