Câmara reelege Romário Policarpo para presidência do Legislativo goianiense

Vitória do grupo dos remanescentes — tido como bloco favorito desde as primeiras conversações —, confirmou o que já era ventilado entre a maioria dos parlamentares da Casa e também nos bastidores da Câmara

Romário Policarpo | Foto: Mariana Capeletti – Câmara Municipal

Marcada por articulações intensas e dois grandes grupos na disputa, a eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Goiânia chegou ao fim na noite desta sexta-feira, 1.

O resultado consagrou o vereador Romário Policarpo (Patriota) para mais dois anos de presidência no Legislativo goianiense. O placar foi de 21 x 14.

A vitória do grupo dos remanescentes — tido como bloco favorito desde as primeiras conversações —, confirmou o que já era ventilado entre a maioria dos parlamentares da Casa e também nos bastidores da Câmara.

Encabeçado pelo próprio presidente, o bloco é formado majoritariamente por parlamentares mais experientes, maioria emedebista.

A eleição da Mesa ocorreu na Câmara Municipal de Goiânia e foi realizada logo após a cerimônia de posse do prefeito, vice-prefeito e vereadores eleitos por Goiânia, no Centro de Eventos, da Universidade Federal de Goiás (UFG).

Agora, os vereadores continuarão reunidos com o objetivo de apontar os nomes que irão compor as respectivas comissões temáticas da casa. Ao todo são 20 comissões, além do conselho de Ética.

Em entrevista após a votação, Policarpo que havia desistido de disputar a reeleição explicou o motivo de ter recuado da decisão.

“Ontem ainda pela madrugada vereadores do meu grupo me comunicaram que não aceitariam outro nome para a presidência da Casa que não fosse o meu. E como parlamentar, como pessoa pública que se presta a ocupar espaços, você não pode fugir das missões. A Casa será dos 35 vereadores”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.