Câmara de Goiânia estuda multar servidores que não usarem máscaras; valor deve ser abatido do salário

Informação foi revelada ao Jornal Opção pelo presidente da Casa Legislativa, Romário Policarpo (Patriota); essa semana, sessão chegou a ser suspensa para que presentes colocassem o item no rosto

Vereadores Anselmo Pereira, Romário Policarpo (Patriota) e Clécio Alves (MDB), com máscaras de proteção contra Covid-19 | Foto: Francisco Carvalho

Em resposta à persistência de servidores em desrespeitar o regimento da Câmara Municipal de Goiânia por não cumprirem com a portaria que obriga o uso de máscaras dentro da Casa, é estudado juridicamente a elaboração de portaria que multe quem desrespeitar as regras de proteção contra a Covid-19 vigentes. A informação foi revelada ao Jornal Opção pelo presidente da Casa Legislativa, Romário Policarpo (Patriota).

“Eu não quero levantar polêmica com a ideologia de ninguém, mas existe uma regra na casa e ela será respeitada”, justificou o parlamentar. A medida foi motivada pela grande quantidade de servidores que insistem em não utilizar a máscara tanto pelos corredores da Câmara, quanto dentro do próprio plenário. Nesta terça-feira, 31, a sessão chegou a ser suspensa para que os visitantes presentes na galeria e a vereadora Gabriela Rodart (DC) colocassem o item no rosto.

Com a nova portaria, o objetivo é que sejam aplicadas multas aos servidores abordados sem máscaras, na Câmara Municipal de Goiânia, e que esse valor seja abatido de seus respectivos salários.

“Não podemos admitir, nesse momento de pandemia, o desrespeito com a saúde por crenças e convicções políticas. Não estou aqui para dizer o que é certo ou errado, não sou médico, mas hoje os cientistas dessa área exigem a utilização de máscara como um meio de segurança. A Câmara Municipal tem suas regras e elas serão cumpridas”, complementa Romário. Ele ainda explica que as normas valerão para todos, inclusive vereadores, que também são servidores da Casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.