Câmara dos Estados Unidos debate 2º impeachment de Trump

Partidários estão declarando voto a favor de retirá-lo do cargo. Republicano deve se tornar primeiro presidente americano a sofrer dois impeachments

Trump em comício que incitou invasão de Capitólio americano. │Foto: Reprodução/Twitter

Com segurança reforçada no Capitólio, congressistas começaram a analisar nesta quarta-feira, 13, o segundo processo de impeachment do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na Câmara dos Representantes. Ele é acusado de formalmente de ter incitado à violência, que resultou na invasão da sede do congresso americano na semana passada.

Ao contrário do Brasil, o presidente dos EUA não é afastado quando o processo de impeachment é aprovado na Câmara. A remoção definitiva só ocorre caso o processo seja aprovado também pelo Senado. Sendo assim, Trump deve permanecer no cargo até a posse de Joe Biden, na próxima quarta-feira.

No primeiro impeachment, Trump foi condenado pela Câmara mas absolvido pelo Senado. Nenhum deputado republicano e só um senador do partido votou contra o presidente. Desta vez, cinco deputados já anunciaram que vão votar pelo impeachment.

O presidente eleito dos EUA, Joe Biden, se recusou a endossar o processo de impeachment e deixou a decisão a cargo do Congresso. O futuro presidente americano não quer inflamar os ânimos entre os republicanos e agregá-los novamente em torno de Trump em um momento em que o presidente e seu partido estão enfraquecidos. Ele também foge do desgaste político, da paralisia legislativa e de um desvio de rota de sua agenda no Congresso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.