Câmara de Silvânia vota pedido de afastamento de prefeito por suspeitas de fraudes em licitação

Geraldo Luiz Santana é investigado por fraudes em licitação para o serviço de tapa-buracos realizado em março de 2021

A Comissão Parlamentar Processante da Câmara Municipal de Silvânia aprovou nesta segunda-feira, 9, o parecer do relator, vereador Hamilton Marmita (Pros), para apurar denúncias contra o prefeito do município de Silvânia, Geraldo Luiz Santana (PP). Por unanimidade, os membros da comissão votaram no processo instalado no poder legislativo no 15 de fevereiro.

Agora, o parecer aprovado será encaminhado para a mesa diretora do Poder Legislativo que deverá submete-lo à apreciação e votação dos demais vereadores. Caberá ao colegiado de onze vereadores da cidade manter ou não a decisão de Comissão. A votação em plenário está marcada para a próxima segunda-feira, 16 de maio.

As denuncias contra o Geraldo Luiz tiveram como base a Operação Apate, que investiga fraudes em licitação para o serviço de tapa-buracos realizado em 2021 em Silvânia. A investigação da Polícia Civil concluiu que o prefeito, com a ajuda de secretários e da presidente da comissão de licitação, fraudaram o processo que culminou na contratação da empresa para execução dos serviços na cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.