Câmara de Posse pode abrir CPI contra o prefeito Helder Bonfim

Gestor foi denunciado também na Polícia Civil de Goiás por indícios de corrupção em contratos sem licitação

O prefeito de Posse, Helder Silva Bonfim (Solidariedade), foi denunciado por irregularidades na contratação de empresas para prestação de serviços no município. O pedido de instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi protocolado na Câmara Municipal, por um cidadão, Anízio Antonio Magalhães, que também fez uma ocorrência na Polícia Civil de Goiás (PC-GO) contra o gestor. 

O presidente da Casa, Luiz Carlos de Araújo Valente, o Lukinha do Detran, disse que a denúncia será apreciada pelos vereadores na próxima primeira sessão ordinária, que está marcada para ocorrer no dia 3 de maio. Indagado se a CPI pode ser instaurada pelos vereadores para investigar as denúncias, Lukinha não se mostrou entusiasmado. “Estamos falando do prefeito, ele irá articular para barrar as iniciativas neste sentido”, frisou.

No documento, Anízio lista várias empresas que foram contratadas pela prefeitura de Posse, nos últimos anos, com dispensa de licitação, sendo destacada que prestaram serviços, recebendo por isso, mas os sócios baixaram o CNPJ, criaram novas empresas e foram novamente contratadas pela administração.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.