Câmara de Luziânia pode criar auxílio combustível mensal para vereadores

Projeto retorna à pauta nesta terça-feira, 12, para segunda e última votação, após já ser aprovada em primeiro momento por 18 dos 21 parlamentares da Casa

Os vereadores de Luziânia podem passam a receber R$ 1 mil a mais todo mês caso a Câmara Municipal aprove um projeto de lei que cria auxílio combustível para parlamentares. A proposta, já aprovada em primeira votação e que nesta terça-feira, 12, retorna ao plenário para segunda e última votação, é de autoria do presidente da Casa, o vereador Carlos da Liga (UB). Segundo o Portal da Transparência, cada parlamentar tem remuneração mensal de R$ 12.661,25.

Na primeira votação, apenas três dos 21 vereadores que integram o legislativo luzianiense, votaram contra a criação do benefício: Nelson Meirelles (Podemos), Waltinho (PP) e Nixon Leite (PP). O presidente municipal do PL, Nelson Rebelato, inclusive, articula mobilização nesta terça-feira com objetivo de tentar barrar o projeto. Ele classifica a proposta como e absurda. Atualmente, diversos líderes comunitários, eclesiásticos, políticos contrários e moradores já manifestaram repúdio à criação do subsídio no valor de R$1 mil para cada vereador, mensalmente, como ajuda de custo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.