A menos de 90 dias do 1º turno, os pré-candidatos ao Governo de Goiás se articulam para fortalecer a musculatura no meio político

A menos de 90 dias do 1º turno, os pré-candidatos ao Governo de Goiás se articulam para fortalecer a musculatura de pré-campanha no meio político. Maior Casa Legislativa municipal do Estado, a Câmara de Goiânia é alvo de recentes visitas dos governadoriáveis, que veem oportunidade de expandir o território eleitoral. Peças-chave para atrair a atenção dos eleitores, os 35 vereadores da Capital carregam em si o potencial de persuadi os cidadãos aptos a escolher o próximo a ocupar a vaga ao Palácio das Esmeraldas.

Paulo Ortegal assumiu a missão de ampliar a base do governador Ronaldo Caiado (UB) na Câmara Municipal de Goiânia. Um dos resultados da articulação a cargo do assessor especial da Governadoria e ex-auxiliar de Iris Rezende (MDB), de quem foi um aliado histórico, foi o encontro entre o chefe do Executivo estadual e 21 dos 35 vereadores da Capital, ocorrido no Palácio das Esmeraldas no dia 10 de maio.

“Durante os quatro anos de mandato do prefeito Iris Rezende desenvolvi uma relação muito produtiva com a Câmara. Agora, tenho a missão de aprimorar ainda mais a relação do governador com os vereadores e lideranças políticas de Goiânia. A presença de tantos vereadores no encontro de ontem demonstra o respeito que o parlamento tem pelo governador. Foi um encontro de escuta e acolhimento”, avalia Paulo Ortegal, que foi secretário de Governo na última gestão de Iris Rezende. O encontro, marcado por apresentação de demandas e prestação de contas do atual mandato estadual, resultou também em um convite para que Caiado apresente o balanço da gestão a todos os vereadores, na sede da Câmara.

O ex-prefeito de Aparecida de Goiânia e pré-candidato ao governo de Goiás Gustavo Mendanha (Patriota) esteve na Câmara Municipal de Goiânia no dia 31 de maio para prestigiar a posse do primeiro suplente do Podemos na Casa, vereador Welton Lemos.

A presença de Mendanha faz parte de um esforço do pré-candidato para ampliar o trânsito entre os vereadores de Goiânia. Recentemente, ele conseguiu como aliado o presidente da Casa, Romário Policarpo, que chegou a dialogar com grupos do governador Ronaldo Caiado (UB), mas optou por caminhar ao lado do pré-candidato de seu partido. Além do presidente da Câmara, Medanha conta com articulações de Cabo Sena (Patriota), Leo José (Republicanos) e Geverson Abel (Avante).

Durante a sessão, Gustavo Mendanha chegou a discursar no plenário, exaltando o trabalho de parlamentares no complemento da atuação do prefeito. Além disso, ele reiterou que está à disposição do Estado de Goiás e comentou as dificuldades para compor com aliados políticos.

Em meio aos rumores de que o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) cogita entrar na disputa pelo Palácio das Esmeraldas, ele voltou a falar publicamente sobre a possibilidade durante visita à Câmara Municipal de Goiânia no dia 2 de junho, onde discursou em tom de pré-candidato.

A disputa por espaço resulta em um legislativo municipal dividido. A participação na sessão plenária, por exemplo, rendeu apoio de vereadores para a pré-candidatura ao governo e tratamento do tucano como governadoriável por parte de alguns parlamentares.

Durante a visitação, Marconi não garantiu participar da disputa eleitoral, mas exaltou as realizações das próprias gestões e reconheceu o valor de adversários políticos como Iris Rezende (MDB) e Maguito Vilela (MDB), cujo filho é pré-candidato a vice na chapa do governador Ronaldo Caiado (UB), que busca a reeleição, em meio a críticas indiretas e ao atual governador.

Pré-candidato do PT a governador, o ex-reitor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) Wolmir Amado fez uma visita, na última terça-feira, 5, à Câmara Municipal de Goiânia. O convite foi feito pelo vereador Mauro Rubem, único representante do partido no Legislativo goianiense.

A visita do ex-reitor da PUC-GO à Câmara Municipal de Goiânia aconteceu menos de uma semana depois de ele ter seu nome oficializado como o governadoriável petista. No entanto, ainda é preciso discutir a formação da chapa majoritária com PCdoB e PV, os outros dois partidos que compõem a federação “Brasil da Esperança”.

Na próxima quinta-feira, 7, o deputado federal e pré-candidato a governador Major Vitor Hugo (PL) recebe o título de Cidadão Goianiense. A proposta, da vereadora Gabriela Rodart (PTB), foi apresentada ainda no ano passado.

Na justificativa, Rodart argumentou que possui uma forte admiração pela carreira profissional e política de Vitor Hugo. Segundo ela, “Vitor Hugo é um nome grandioso para Goiás. Nossas bandeiras estão alinhadas e nosso estado só tem a ganhar com a presença do Major. E Goiânia, local onde ele já morou, tem orgulho em reconhecer sua importância para o município”, disse.