Câmara aprova instalação do botão de pânico nas escolas municipais de Goiânia

Medida tem caráter preventivo. Botão deverá ser acionado quando diagnosticado pelo responsável pela unidade de ensino algum perigo iminente entendido como ameaça de violência ou atentado nas escolas

Fundeb é garantia de crianças nas escolas e educação de qualidade | Foto: Reprodução

A Câmara Municipal de Goiânia aprovou, em fase de segunda discussão e votação, na manhã desta quarta-feira, 21, um projeto de Lei de autoria da vereadora Cristina Lopes (PL) que autoriza a prefeitura a disponibilizar aos diretores de escolas municipais de Goiânia o dispositivo de segurança popularmente conhecido como “botão do pânico”.

De acordo com o texto, a medida tem caráter preventivo e deverá ser utilizado quando diagnosticado pelo diretor ou responsável pela unidade de ensino algum perigo iminente, entendido como ameaça de violência ou atentado nas escolas.

Ao ser acionado, o botão irá disparar um alarme junto ao Centro de Operações da Prefeitura de Goiânia, coordenado pela Guarda Civil Metropolitana (GCM), que deslocará a equipe mais próxima até o local em caráter de urgência.

Em justificativa, Cristina destacou que a matéria tem o objetivo de criar a possibilidade de diminuir a proporção de atentados contra escolas. “É nosso dever proteger nossos alunos e professores”, pontuou. A matéria seguirá agora para análise do Poder Executivo deverá optar pela sanção ou veto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.